Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Alckmin sobre ataques na TV: 'Não é declaração de guerra'


Agência O GloboRIO - Após participar da sabatina do "Globo" na tarde desta quarta-feira, o candidato a presidente pelo PSDB Geraldo Alckmin explicou que a mudança em seu programa de TV, que passou a apresentar mais ataques ao presidente Lula, não é uma declaração de guerra ao candidato petista.- É dever de todo brasileiro combater a corrupção. Estou "zen", mas muito firme nos meus princípios e valores - disse.Faltando pouco mais de 30 dias para as eleições, Alckmin negou que esteja desanimado e afirmou que a campanha está apenas no início.- Estou otimista, acho que a campanha está no início. O Lula subiu, mas nós também subimos nas pesquisas. O processo eleitoral só se define mais próximo das eleições e a diferença não é tão grande. Antes era como fazer festa fora de época, não tinha clima - alegou.Sobre a demissão de 1800 funcionários da Volks, em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo, o candidato culpou a política macroeconômica. Ele disse que os juros altos e o câmbio valorizado criaram as condições para debilitar o setor.- O governo não está agindo na causa do problema. A causa são os juros altos estes anos todos que não permitiram o Brasil crescer. A moeda está sobrevalorizada e ficou impossível exportar. Precisamos agir porque isso também está afetando a agricultura e outros setores - opinou.

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.