Porto Velho (RO) quinta-feira, 15 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Alckmin se compromete a não convocar Constituinte se for eleito


Por Cláudia Pires- Agência O GloboSÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, se comprometeu nesta quinta-feira a não convocar, se eleito, uma Assembléia Constituinte, idéia que chegou a ser defendida pelo presidente-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) há alguns meses.``Não vejo nenhuma razão para ter uma nova Assembléia Constituinte. O que justificaria isso? Não há motivo algum'', disse Alckmin a jornalistas após participar de sabatina no jornal O Estado de S.Paulo.Ele assinou nesta tarde documento que lhe foi entregue por representantes da Academia Brasileira de Direito Constitucional.A carta da academia requer dos candidatos compromisso com a Constituição que os elegerá. O texto afirma que a convocação de uma Constituinte no ``atual momento político representa um atraso à sociedade e uma forma velada de golpe constitucional''.``Acho que é importante porque não podemos ter instabilidade. A Constituição brasileira é de 1988, não tem nem 20 anos. Não tem nada que justifique esse mudancismo. As reformas podem ser feitas por emenda constitucional'', disse Alckmin.Segundo Flávio Panssieri, presidente da academia, a mesma carta será entregue nesta tarde ao presidente Lula, que ainda não manifestou sua posição sobre ela.Além de Panssieri, assinam a carta os juristas Fabio Konder Comparatto, Dalmo de Abreu Dallari e José Afonso da Silva.Em agosto, Lula disse que poderia enviar ao Congresso, após as eleições, uma proposta de emenda constitucional propondo a convocação de uma Constituinte com a finalidade exclusiva de votar a reforma política. A proposta teve pronta reação da oposição, e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) rejeitou a medida.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele