Terça-feira, 28 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Alckmin insinua que PT comandou operação de compra de dossiê


Flávio Freire - Agência O Globo BLUMENAU - O candidato do PSDB à presidência, Geraldo Alckmin, insinuou que a direção nacional do PT foi quem comandou a operação para a tentativa de compra de um dossiê contra a sua campanha e a de José Serra ao governo de São Paulo. A operação levou de volta à prisão o empresário Luiz Antonio Vedoin, acusado de chefiar a máfia das ambulâncias, um tio dele, que seria o intermediário da negociação, e Valdebran Carlos Padilha da Silva, filiado ao PT, e o advogado Gedemar Pereira Passos.Valdebran foi detido com um R$ 1,7 milhão enquanto negociava a compra de material que incriminaria os tucanos. Alckmin afirmou que o PT age no submundo do crime e faz chantagem eleitoral nesta reta final da campanha. Em Blumenau, onde fez uma caminhada pelo centro da cidade, Alckmin disse que os petistas não aprenderam com a crise. - Quando se vai ao submundo do crime, se encontra alguém do PT. É preciso mostrar o dinheiro, de onde isso veio, os criminosos, quem é o corruptor e a quem serve isso - disse ele, referindo-se à prisão do petista Valdebran Padilha da Silva, que foi arrecadador da campanha do PT em Cuiabá, em 2004. O candidato ao governo de São Paulo pelo PT, Aloizio Mercadante, também repudiou neste sábado a suposta tentativa de compra do dossiê. - Eu quero repudiar. Acho que isso não condiz com a vida democrática. Indagado se acreditava que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha conhecimento dessa operação, Alckmin disse: - Você acha que alguém fez isso por livre e espontânea vontade, apenas porque deu na cabeça? R$ 1,7 milhão não caem do céu. Isso não é uma obra do acaso - afirmou. Sobre fotos em que apareceria ao lado de Vedoin na cerimônia de entrega de ambulâncias - material este que estaria sendo negociado entre Valdebran o empresário - Alckmin disse não ter conhecimento. - Nunca participei de cerimônia de entrega de ambulâncias. Todas foram entregues por pregão eletrônico - disse ele, que perguntado se desafiaria quem quer que seja a mostrar as fotos, afirmou apenas que "não vai discutir com criminoso".

Gente de OpiniãoTerça-feira, 28 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Terça-feira, 28 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)