Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Alckmin diz que PT privatizou o Estado


Adriana Vasconcelos - Agência O GloboBRASÍLIA - Na exposição que abriu a sabatina na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o tucano Geraldo Alckmin disse que seu governo terá três preocupações básicas: ética, qualidade dos serviços públicos e crescimento econômico. Alckmin disse que a administração petista é ineficiente, e que o PT e seus aliados teriam privatizado o Estado ao abrigar pessoas com base em critérios unicamente políticos, em detrimento de aspectos técnicos.- O que se sabe pela imprensa é só a ponta de um iceberg. Nesses ministérios, é inacreditável o que foi feito com a privatização do aparelho do Estado brasileiro pelo PT e seus aliados. Uma coisa muito triste. O Brasil regrediu do ponto de vista da gestão pública de bem comum - disse.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO