Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Alckmin critica reeleição


Adriana Vasconcelos - Agência O GloboBRASÍLIA - Na exposição que abriu a sabatina na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o tucano Geraldo Alckmin falou sobre reeleição. O candidato à Presidência disse que o debate sobre 2010 seria antecipado, caso o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fosse reeleito.- Já fui reeleito. A reeleição é um pouco mais do mesmo. Se o Lula for reeleito, seu governo acaba antes de começar. No dia seguinte já se começa a discutir 2010. No dia seguinte já vão pensar no futuro. Então, por que perder quatro anos? - perguntou Alckmin.Antes de começar a ser questionado pelo presidente da OAB e conselheiros federais da Ordem, Alckmin discursou sobre seus planos de governo. A primeira questão colocada foi sobre invasões dos movimentos sociais.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO