Porto Velho (RO) quarta-feira, 11 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Acusado de desvio de verbas, prefeito pode perder o cargo


Agência O GloboBELO HORIZONTE - A câmara de vereadores de Turmalina, no Vale do Jequitinhona, deve votar ainda hoje o pedido de cassação do mandato do prefeito Soelson Barbosa Araújo (PTB), acusado de desvio de verbas. A sessão estava marcada para a última sexta-feira, mas foi adiada porque o prefeito e um vereador foram presos em flagrante, suspeitos de corrupção.De acordo com a polícia, o vereador Edi Pinheiro de Castro (PR) teria pedido R$ 60 mil para votar contra a cassação do mandato do prefeito. O delegado responsável pelo inquérito, Daniel Carvalho, disse que a proposta teria sido aceita e o valor pago.O prefeito e o vereador conseguiram liberdade provisória por meio de habeas corpus. Edi Pinheiro de Castro alegou que ele e a família sofreram pressão da prefeitura para receber o dinheiro. Soelson Barbosa nega as acusações e diz que teria sido vítima de extorsão.

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p