Porto Velho (RO) quarta-feira, 2 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Violência no Rio dispara em seis tipos de crimes


Gente de Opinião

RIO 247 – De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), a crise na segurança do Rio levou o estado a atingir, somente em janeiro e fevereiro deste ano, o pior índice na história para seis diferentes tipos de crimes.

São os casos de roubos de carga, de veículo, a pedestre, em ônibus, de celular e os a caixas eletrônicos. Os dados alcançam os 12 primeiros dias da intervenção das Forças Armadas na segurança, decretada no dia 12 de fevereiro.

Os números assustadores mostram o colapso na segurança. Entre os anos de 1991 a 1998, por exemplo, 15.107 pedestres registraram ocorrência de roubo. Esse número é pouco menor que 15.624 casos registrados nos meses de janeiro e fevereiro deste ano.

Ou seja, em dois meses os dados são quase semelhantes aos registrados em oito anos e é como se uma pessoa virasse alvo de assaltantes enquanto caminhava pelas ruas do estado a cada quase cinco minutos.

OUTROS ÍNDICES

Também apresentaram marcas significativas no período analisado, janeiro e fevereiro, os roubos de veículo, que romperam a barreira das dez mil ocorrências; os em ônibus, batendo mais de dois mil casos; e os de celular, que, também pela primeira vez, superaram os quatro mil registros. Modalidades com menor de ocorrência alcançaram também patamar máximo no primeiro bimestre deste ano, caso dos roubos a caixas eletrônicos, que começaram a ser compilados pelo ISP em 2003. Na capital e no interior, quadrilhas assaltaram caixas bancários em 15 ocasiões entre janeiro e fevereiro, equivalente a um registro a cada quatro dias.

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O