Porto Velho (RO) quarta-feira, 2 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Tarado da motocileta é preso pela polícia civil



Uma equipe de Policiais Civis formada por agentes da 1ª Delegacia de Polícia, Delegacia de Defesa da Mulher e da Delegacia Regional em Ji-Paraná, prenderam nesta sexta feira na Rua Amazonas, bairro Jardim Presidencial, Valdomiro Pacheco dos Santos, 44 anos, natural de Ilhéus-BA, que levado a Delegacia foi reconhecido pelas vítimas, como o elemento que vinha praticando estupros na cidade. Valdomiro já estava conhecido como o Tarado da Motocicleta vermelha, pois sempre que atacava suas vítimas estava de moto, uma CG titan vermelha que foi apreendida com ele.

A Delegada Dilza Telles solicitou junto ao Poder Judiciário a Prisão Preventiva do acusado, que foi concedido e este já está recolhido a uma das Celas do Presídio Central da cidade a disposição da Justiça para responder pelos crimes que praticou. Ele é acusado de mais dois estupros consumados e uma tentativa, crimes praticados em um período de aproximadamente 15 dias.

A Delegada titular da DDM pede à comunidade que se tiverem conhecimento de vítimas que não tenham registrado ocorrência que as mesmas possam ser orientadas a procurarem à delegacia para que sejam tomadas as providências. Outro detalhe importante é que Valdomiro não possui nenhum documento para provar sua identidade, por isso a polícia ainda continua investigando para saber se este nome é verdadeiro.

Segundo a esposa do acusado este veio para Rondônia a cerca de 5 meses junto com ela oriundo da cidade de Nova Andradina -MS, onde o conheceu quando foi passear naquela localidade. O Delegado Regional Alexandre Árabe e a Delegada Dilza Telles que comandaram todo trabalho de investigação que culminou com a prisão do acusado, enalteceram a união e determinação da equipe de policiais formada pelas Delegacias Regional, 1ª DP e DDM, que puseram fim nas ações criminosas do maníaco. 


Modo de Agir do Acusado

Sempre atacava por volta das 7horas quando as vitimas geralmente ficavam sozinhas devido à saída de seus companheiros para o trabalho, ele observava e entrava na residência armado com uma faca, às vezes até de propriedade da vítima. A outra forma, era atacar as mulheres que estavam andando sozinhas na rua dos bairros de menos movimentos levando a vitima para lugar ermo.

Fonte: Lenilson Guedes

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O