Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

PRF recupera carga roubada e liberta refém na via Dutra



Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil

Após abordagem na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), no Rio de Janeiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou na manhã de hoje (24) uma carga roubada de produtos alimentícios, avaliada em R$ 170 mil.

A Central de Informações Operacionais (CIOP) da PRF recebeu pelo telefone 191 o alerta de roubo de uma carreta, na altura de Queimados, na Baixada Fluminense. A viatura em ronda identificou o veículo, que seguia no sentido Rio. Os policiais fizeram a abordagem próximo ao acesso à Avenida Brasil, no Trevo das Margaridas, em Vigário Geral, zona norte do Rio de Janeiro.

Um suspeito estava na cabine e fazia o motorista de refém, sob ameaça de um revólver calibre 38 carregado e um simulacro de pistola. O jovem de 20 anos foi preso em flagrante e o motorista libertado sem ferimentos.

Segundo a PRF, a carga roubada, de propriedade de uma rede de fast food, foi recuperada intacta. Ela seria levada para a favela da Quitanda, no Complexo da Pedreira. A ocorrência foi registrada na Central de Garantias da Polícia Civil, no Jacaré. A ação faz parte da operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais.

Excesso de velocidade

Na sexta-feira (23), na Rodovia Washington Luiz (BR-040), a fiscalização da PRF para coibir o excesso de velocidade flagrou 148 veículos com velocidade acima da permitida nas proximidades de Petrópolis, na Região Serrana.

Chamou a atenção dos policiais uma motocicleta emplacada no Rio de Janeiro a 191 km/h. A velocidade máxima no local é de 110 km/h para veículos leves e 90 km/h para veículos pesados. O objetivo da fiscalização é “coibir a prática de infrações, como excesso de velocidade e reduzir a gravidade dos acidentes”.

As multas por excesso de velocidade são divididas em três categorias. Para velocidade até 20% superior à permitida na via, o valor é de R$ 130,16, com perda de 3 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Se a velocidade for entre 20% e 50% superior à máxima permitida, a infração é considerada grave e tem penalidade de perda de 5 pontos na carteira e multa de R$ 195,23. Se o motorista exceder a velocidade em mais de 50% da máxima permitida, caso da moto flagrada, a infração é gravíssima e gera multa de R$ 880,40, além de perder 7 pontos na CNH.

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O