Porto Velho (RO) sábado, 5 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Polícia Rodoviária Federal faz balanço Operação Natal 2008



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, na manhã de hoje (29), o balanço da Operação Natal, realizada entre os dias 20 e 28 de dezembro de 2008. A associação entre tempo chuvoso, aumento no fluxo de veículos e a imprudência dos motoristas deixou marcas violentas no trânsito das rodovias federais durante o feriadão do Natal. Nos oito dias da operação especial, os índices de acidentes, feridos e mortos cresceram em relação ao mesmo período no ano passado, apesar da intensa fiscalização nas estradas federais de Rondônia e Acre foram registrados 78 acidentes, 59 feridos e 8 mortes contra, em 2007, 76 acidentes, 52 feridos e 6 mortes.


Fluxo de veículos

O trânsito brasileiro em 2008 ficou marcado pelo melhor ano da indústria automobilística nacional e pela implantação da Lei Seca ao volante. De acordo com o setor automotivo, o Brasil produziu 3,11 milhões de veículos entre janeiro e novembro, contra 2,76 milhões no mesmo período de 2007, aumento de 13%. Pelas estatísticas do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), o ano deve fechar com frota licenciada superior a 54 milhões de veículos (+8%).

 

Alerta

A PRF alerta que a tendência dos números de acidentes é aumentar a partir de hoje, pois o Natal é um feriado familiar, as pessoas ficam mais em casa, enquanto o Ano Novo é uma festa mais extrovertida.

A Operação Ano Novo teve inicio nesta segunda-feira e se estenderá até o dia 04 de janeiro. A PRF estará atenta quanto as infrações de trânsito e serão efetuados testes de bafômetro nos condutores fiscalizados.

É importante lembrar que estamos em período chuvoso e que os motoristas devem ficar atentos, recomenda-se que, sob chuva, os condutores reduzam a velocidade, aumentem a distância do veículo à frente e acendam os faróis. Um dos maiores problemas provocados pela chuva é a aquaplanagem, situação em que o veículo perde a aderência dos pneus com a superfície. Nestes casos, o motorista deve utilizar o freio motor (redução da velocidade com a utilização do câmbio) e não acionar o freio, que pode provocar derrapagens.

Caso o motorista seja surpreendido por chuva muito forte, que cause redução de visibilidade, é fundamental que se utilize o sistema de iluminação do veículo e siga em velocidade compatível até alcançar local seguro de parada, como os recuos e postos de gasolina. Muitos acidentes acontecem por causa de usuários de rodovias que estacionam seus automóveis no acostamento esperando que a chuva diminua.

Fonte: PRF/RO

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O