Porto Velho (RO) sexta-feira, 27 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

PM: Implantação da Policia Comunitária no Bairro Nacional


 
Discutir a implantação da base da Polícia Comunitária no bairro Nacional. Este foi o objetivo da reunião realizada na manhã desta sexta-feira (28) no auditório do Palácio Presidente Vargas em Porto velho. Atualmente na capital está em funcionamento apenas uma base no bairro Caladinho.

A Polícia Comunitária é uma filosofia e uma estratégia orPM: Implantação da Policia Comunitária no Bairro Nacional - Gente de Opiniãoganizacional fundamentada, principalmente, numa parceria entre a população e as instituições de segurança pública e defesa social. Baseando-se na idéia de que tanto as instituições estatais quanto a população local devem trabalhar juntas para identificar, priorizar e resolver problemas que afetam a segurança pública, tais como a exclusão e a desigualdade social.

As estratégias da Polícia Comunitária têm um caráter preferencialmente preventivo. Além disso, estas estratégias visam não apenas reduzir o número de crimes, mas também reduzir o dano da vítima e da comunidade, modificando os fatores ambientais e comportamentais, pois a sua metodologia implica numa mudança de paradigma no modo de ser e estar a serviço da comunidade e, conseqüentemente, numa mudança de postura profissional perante o cidadão.

Durante a reunião foi apresentado o novo modelo de divisão de setores da área do primeiro batalhão, dentro da filosofia de Policiamento Comunitário, estabelecendo normas relativas às responsabilidades e ao exercício das funções de seus integrantes.

De acordo com o sargento Nascimento, comandante da Policia Comunitária do Bairro aladinho, 97% da população é composta por “cidadãos de bem”, que trabalham e contribuem para o desenvolvimento da sociedade. “A policia trabalha 24 horas por dia dando atenção a esses 3% da população que têm um desvio de conduta e o cidadão de bem fica esquecido, só tem contato com a polícia quando é vítima de algum crime. Nos queremos aproximar a polícia do cidadão de bem e é aí que a Policia Comunitária começa a atuar, na prevenção, orientação e educação”, disse Nascimento.

A criminalidade é considerada um “câncer que deve ser extraído do corpo social e a tarefa desta extração é incumbida à polícia, mas de acordo com o comandante do 1° Batalhão da Polícia Militar, Tenente Coronel Adilson, não há sociedade sem crime. “O que pode ser feito é minimizar esse índice. Mas para diminuir esse índice não devemos apenas combater e sim procurar a causa do problema, trabalhando nessa prevenção. O crime é um problema de todas as instâncias, seja ela formal ou informal, não apenas da polícia”, disse o comandante.

A implantação da Polícia Comunitária vem apresentando resultados na região da Zona Sul de Porto Velho, e com isso a Polícia Militar ganha credibilidade junto a comunidade. A implantação de novos pólos deve respeitar a particularidade de cada bairro, cada setor
 

Implantação da Polícia Comunitária Bairro Nacional

A proposta apresentada pelo 1° Batalhão é implantar a Polícia Comunitária no bairro Nacional, dentro de um espaço na Escola Oswaldo Piana, local de fácil acesso para toda comunidade. A idéia foi discutida pelos representantes de diversos órgãos e entidade, que questionaram se a colocação de uma base dentro da escola seria legal.

Segundo o Aspirante Arivabene, a idéia é montar a base em uma sala onde funcionava o projeto TV Escola e a intenção é adequar a sala e colocá-la voltada para fora da escola.

De acordo com o diretor da escola, João Saldanha, foram realizadas reuniões para saber a opinião dos moradores do bairro, que aprovaram a idéia da instalação de uma base de apoio, com a implantação da Polícia Comunitária.

Após a discussão foi concluído que um novo encontro deve ser realizado no dia 28 de fevereiro no Conselho Estadual de Educação para a definição do local exato de implantação da unidade comunitária.

A reunião contou com a presença de representantes da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), do Conselho Estadual de Educação, da Secretaria de Estado da Defesa e Cidadania (SESDEC), do Juizado da Infância e da Juventude, do Conselho Tutelar, Tribunal de Justiça, Associação dos Jovens Estudantes de Rondônia, Polícia Militar, Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas de Porto Velho, Associação Comercial de Rondônia, Câmara de Dirigentes Lojistas, presidente do Bairro Nacional, da Escola Oswaldo Piana, de igrejas e a comunidade em geral.

A Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária está localizada na Av. Tiradentes, 3369, no Bairro Embratel, no quartel do Comando Geral em Porto Velho.

Fonte: Decom / Fotos: Ésio Mendes

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O