Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

PF procura quadrilha que trazia chineses ilegalmente em Porto Velho e Guajará-Mirim



Paula Laboissière
Agência Brasil

A Polícia Federal cumpre hoje (22) 14 mandados de prisão preventiva e 24 de busca e apreensão em São Paulo, Recife e Porto Velho e no município de Guajará-Mirim (RO). O objetivo é desarticular uma quadrilha especializada em trazer ilegalmente para o Brasil cidadãos chineses.

Até o momento, a Operação Da Chan já resultou na prisão de 11 pessoas em Rondônia. O líder do grupo, Zhu Ming Wen – conhecido como Tony – também foi preso, em São Paulo. Além de controlar a chegada dos chineses, ele é acusado de enviar mercadoria contrabandeada da capital paulista para Recife.

Os integrantes da quadrilha devem responder por formação de quadrilha e por manter trabalhadores em condições análogas à escravidão. As penas podem chegar a 11 anos de prisão.

A maioria dos chineses que entravam no Brasil vinha da província de Fujian, conhecida, segundo a PF, por abrigar algumas das maiores fábricas de produtos pirateados do mundo. A rota usada pelo grupo incluía a Holanda, o Peru, Equador, a Bolívia e o Brasil.

De acordo com nota divulgada hoje, as investigações começaram em 2008, depois que alguns chineses foram presos tentando embarcar para o Brasil com o carimbo de visto de entrada falsificado. "As prisões revelaram um grande número de chineses que entravam e permaneciam ilegalmente no Brasil por Rondônia", diz o comunicado da PF.

O grupo é composto por aliciadores ou "coiotes", que atraem pessoas com promessas de trabalho no Brasil. Eles eram liderados por uma cidadã paraguaia que atuava também na Bolívia e foi presa em flagrante este ano, após passar pela fronteira em Foz do Iguaçu (PR) acompanhada de vários chinese
 

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O