Porto Velho (RO) sexta-feira, 27 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

PF prende neiro colombiano acusado de ser o terceiro maior traficante de seu país


 
Alex Rodrigues 
Agência Brasil


Brasília - A Polícia Federal (PF) prendeu hoje (16), no Rio de Janeiro, o colombiano Nestor Caro Chaparro, considerado o terceiro maior traficante de drogas da Colômbia. Chaparro foi preso no prédio em que vivia com sua companheira, em Copacabana, na zona sul da cidade.

A prisão de Chaparro é fruto de um processo de prisão preventiva para fins de extradição que tramita em sigilo no Supremo Tribunal Federal (STF). Embora não divulgue a data em que expediu o mandado de prisão contra o colombiano, a assessoria do tribunal diz que o alerta sobre a possível presença de Chaparro no Brasil foi feito pelo governo norte-americano em dezembro de 2005, via Interpol.

Segundo o chefe do Serviço de Inteligência Antidrogas da PF, delegado Cairo Costa Duarte, a prisão é resultado de quase um ano de trabalho de investigação policial. Chaparro está preso na Superintendência da PF, no Rio de Janeiro, onde ficará à disposição do STF. De acordo com o delegado, as autoridades ainda estão investigando a ação do colombiano desde que chegou ao país.

A prisão foi efetuada por um comando de agentes federais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) e do Grupo de Investigações Sensíveis (Gise), tropa de elite da PF de Brasília, com a colaboração de agentes da Drug Enforcement Agency (DEA), a unidade americana de combate às drogas.

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O