Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Polícia

PF cumpre mandados contra lavagem de dinheiro em SP e Brasília


PF cumpre mandados contra lavagem de dinheiro em SP e Brasília - Gente de Opinião

A Polícia Federal desencadeou hoje (10) a Operação Salvo Conduto contra a lavagem de dinheiro. Ela cumpre sete mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Hortolândia, Jundiaí e em Brasília, todos expedidos, a pedido da PF, pela 6ª Vara Criminal da Justiça Federal, em São Paulo.

De acordo com a Polícia Federal, 35 agentes atuam na operação, que apura fatos referentes a dois inquéritos policiais, reunidos em setembro deste ano, por tratarem de fatos envolvendo o mesmo investigado, condenado na França por adquirir propriedades com dinheiro público desviado de seu país de origem e investigado nos Estados Unidos, dentre outros crimes, por lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos.

O primeiro inquérito policial foi instaurado em março de 2018, depois do envio de informações do Ministério Público Federal, no mês anterior, para que a PF iniciasse investigação para apurar o crime de lavagem de dinheiro em razão dos indícios de ocultação de propriedade relacionada à compra, em 2008, de um apartamento duplex nos Jardins, em São Paulo.
Imóvel custou R$ 15 milhões

O imóvel foi adquirido, na época, por R$ 15 milhões. As investigações apontam que o imóvel, comprado por uma empresa com capital social de R$ 10 mil, pertenceria ao investigado.

O segundo inquérito policial foi instaurado em 20 de setembro deste ano, após a apreensão, realizada em 14 de setembro, pela Receita Federal, no Aeroporto de Viracopos, de US$ 1,4 milhão e R$ 60 mil em espécie, além de 20 relógios de pulso, avaliados em torno de US$ 15 milhões. Os bens foram trazidos do exterior sem a declaração de bens e valores obrigatória.

Desta forma, são apurados dois atos de lavagem de dinheiro: o primeiro relativo à aquisição, por meio de interposta pessoa, de um apartamento de luxo e o segundo relacionado à ocultação de movimentação de bens e valores ao entrar Brasil.

A PF solicitou à Justiça Federal o sequestro do imóvel, dos bens e valores apreendidos no Aeroporto de Viracopos e de sete veículos de luxo - um deles avaliado em R$ 2 milhões.

As investigações envolvem a coleta de depoimentos, análise do material apreendido e pedido de cooperação jurídica internacional para esclarecer a participação de todos os envolvidos. O crime de lavagem de dinheiro tem penas que variam de 3 a 10 anos de reclusão.

Mais Sobre Polícia

Garimpeiros invadem aldeia no Amapá e matam cacique

Garimpeiros invadem aldeia no Amapá e matam cacique

Garimpeiros invadiram neste sábado (27) a aldeia de Waiãpi, no Amapá, e assassinaram uma liderança indígena do local; segundo o senador Randolfe Rodri

Quatro suspeitos de invadir telefone de Sergio Moro são detidos pela PF

Quatro suspeitos de invadir telefone de Sergio Moro são detidos pela PF

Policiais federais detiveram hoje (23), no estado de São Paulo, quatro suspeitos de acessar, sem autorização, o telefone celular do ministro da Justiç

Ministro da Infraestrutura confirma recursos para a recuperação da BR-364 e conclusão da ponte do Abunã

Ministro da Infraestrutura confirma recursos para a recuperação da BR-364 e conclusão da ponte do Abunã

Em reunião nesta terça-feira (14-05) com a bancada de Rondônia, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirmou que o Governo Federal vai

OAB/RO cobra apuração sobre assassinato de advogado

OAB/RO cobra apuração sobre assassinato de advogado

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO), Elton Assis, solicitou à Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cida