Porto Velho (RO) quarta-feira, 2 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Patrimônio desvenda crime contra Hélio Bandeira


 
A Delegacia Especializada em Repressão a Roubos, Furtos, Extorsões, Seqüestros, Estelionatos e Outras Fraudes esclareceu o latrocínio ocorrido no dia 26/01/2011 em Porto Velho, no qual a vítima Hélio Bandeira da Silva friamente torturado e assassinado.

Segundo consta nos autos do inquérito policial, os acusados Marcelo Brito Sales, alcunhado “Marcelo Bate-Estaca”, Márcio Marcelo Espíndola, vulgo “Márcio Peteca”, Francisco Júnior André de Oliveira ou Rodrigo Frutuoso, vulgo “Júnior Cara de Cascalho”, Marlon Lopes do Amaral e Vanessa Chau da Silva invadiram a casa, torturaram e mataram a vítima Hélio Bandeira.

Torturaram física e psicologicamente a sua mulher, o seu filho menor e sua amiga, subtraíram o veículo de marca Fiat/Pálio, dinheiro, notebook etc. e em seguida evadiram-se com destina a Humaitá-AM.

O Sevic – Serviço de Investigações e Capturas da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio investigou e identificou a autoria e motivação. Todos os cinco envolvidos tiveram a prisão temporária decretada. Márcio Peteca foi preso no Estado da Paraíba. Policiais civis da Patrimônio se deslocaram àquele Estado e recambiou o preso a esta cidade, onde foi interrogado e indiciado.

Fonte: Lenilson Guedes
 

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O