Porto Velho (RO) sexta-feira, 27 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Para Polícia, declaração de preso foi para fugir do assédio da imprensa


Para Polícia, declaração de preso foi para fugir do assédio da imprensa - Gente de Opinião

Fernando Serrão, transferido de Natal (RN) para Porto Velho, ao descer da viatura no local de depoimento, disse à imprensa que o líder da quadrilha, que está sendo desbaratada pela Operação Apocalipse, é o governador Confúcio Moura. Para técnicos da Polícia que acompanharam o desembarque do acusado, a resposta do preso foi para fugir do assédio da imprensa.  Fernando Serrão teria vindo no avião acompanhado de uma advogada, mas declarou a imprensa que não tinha defensor, no entanto, antes que o depoimento tivesse início, recebeu a visita de um advogado que acompanhou no depoimento.

De acordo com o diretor-geral da Polícia Civil, Pedro Mancebo, a instituição apura o caso com imparcialidade, independente de quem seja alcançado. “É uma polícia de Estado e não de governo. Estamos cumprindo com o nosso papel desarticulando esta quadrilha”, declarou, lembrando palavras do próprio governador Confúcio Moura. 

Enquanto a prisão de Fernando Serrão foi realizada no primeiro dia da operação, na cidade de Natal, Alberto Siqueira foi preso em casa, na tarde desta sexta-feira. Os depoimentos de ambos se estenderão por parte da noite, pois os delegados prepararam cerca de 90 perguntas, sem desdobramento, para cada um dos acusados. Um ouvido nas dependências do Departamento Estadual de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc) e outro na sede destinada à Operação Apocalipse, em  Porto Velho. 

 Fonte: Decom
 

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O