Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Polícia

Operação Pesadelo apreende 811 comprimidos de 'rebite'



A Polícia Rodoviária Federal em Rondônia e Acre, em conjunto com o Ministério Público, por intemédio do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas - GECOC e o Judiciário do Estado de Rondônia, desenvolveu das 17 às 22h desta terça-feira (14.12) a Operação Pesadelo , tendo como objetivo combater a comercialização ilegal de medicamentos de uso controlado, utilizados por caminhoneiros para manterem-se acordados por períodos superiores a 24 horas. Tais medicamentos são as anfetaminas, metanfetaminas, barbituricos etc, popularmente conhecidos por “rebite”, que ao serem vendidos sem prescrição médica, torna-se tráfico de drogas, e quem for flagrado em tal pratica poderá ser condenado a penas que variam de 5 a 15 anos de prisão.

Quatro mandados de busca e apreensão foram requeridos pelo MP/RO e deferidos pelo Judiciário, após apresentação de relatórios e filmagens, que foram efetuados pelas equipes de inteligência da PRF, após dois meses de investigações, onde ficou demonstrado a venda ilegal. Os mandados foram cumpridos em postos de combustíveis, onde alguns funcionários praticavam o crime, sendo dois em Porto Velho e um em Vilhena, além da residência de um dos envolvidos. Durante a ação foram presos três homens fragrados de posse dos medicamentos, sendo apreendidos 811 cápsulas do medicamento Dosobesi-M, inibidor de apetite, utilizado para inibir o sono dos profissionais do volante, sendo apreendido também um revolver calibre 38. Os presos, a arma e as cápsulas de medicamentos apreendidas, foram encaminhados às Delegacias da Policia Civil em Vilhena e na Capital Porto Velho/RO.

A PRF em Rondônia mobilizou mais de 20 policiais e 08 viaturas para o cumprimento da missão, a Operação ocorreu simultaneamente em mais vinte estados brasileiros, a ação faz parte de um planejamento operacional e de inteligência estabelecido pela PRF , na busca de minimizar os riscos e as possibilidades de acidentes, particularmente, aqueles envolvendo veículos de carga, onde a probabilidade de haver feridos e mortos é potencializada, devido ao grande volume de peso. De janeiro a novembro deste ano foram registrados em Rondônia 1.296 acidentes envolvendo veículos de carga, que geram 127 feridos leves, 33 feridos graves e 20 mortos.

Existem casos de motoristas que fazem uso de “rebites” para se manterem acordados por períodos que podem ultrapassar 60 horas consecutivas, o que pode ocosionar o que se denomina de “mau subito”, podendo ser desde um disturbio de visão, vertigem ou desmaio, até um infarto ocasionado pelas alterações no batimento cardíaco, causado pelo uso indiscriminado do medicamento. Nestes casos os danos provocados por veículos com peso total, por exemplo, superior a 80 toneladas, desgovernado, poderia ser comparado a um tsunami, tamanha a devastação causada pela força do impacto com destes “brutos”.

Fonte: Ascom PRF

Mais Sobre Polícia

Policiais morrem mais através de suicídio do que em confronto com crime

Policiais morrem mais através de suicídio do que em confronto com crime

A 13ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública registra exposição à violência fatal a que os policiais brasileiros estão sujeitos. Em 2018, 3

Operação Carrossel - Hildon Chaves rejeita as acusações que resultaram em mais uma operação da PF

Operação Carrossel - Hildon Chaves rejeita as acusações que resultaram em mais uma operação da PF

Durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (4/9), o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, refutou todas as acusações e sus

Deputada Rosângela Donadon teve celular e redes sociais invadidas

Deputada Rosângela Donadon teve celular e redes sociais invadidas

A deputada estadual Rosângela Donadon (PDT) informa que, a exemplo de outros parlamentares, também teve o celular clonado e criminosos utilizaram su

Nota Oficial - Sobre clonagens das linhas de celulares dos deputados estaduais

Nota Oficial - Sobre clonagens das linhas de celulares dos deputados estaduais

A Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia vem a público informar que as linhas celulares funcionais de alguns deputados estaduais foram clonada