Porto Velho (RO) sábado, 28 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

OPERAÇÃO ARAGUAIA COMBATE O TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS



Barra do Garças/MT - A Polícia Federal desencadeia nesta quinta-feira, 08, nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Minas Gerais, a Operação Araguaia, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico internacional de cocaína e maconha.

Cerca de 100 policiais federais cumprem 25 mandados de prisão e 20 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 5ª Vara Federal de Mato Grosso.

A investigação foi iniciada em junho de 2009 e descortinou um esquema de tráfico de pasta base de cocaína e de maconha em larga escala.

As substâncias entorpecentes eram fornecidas à organização criminosa por narcotraficantes bolivianos e paraguaios, que internavam a droga no território nacional com a utilização de aeronaves e caminhões. Uma vez no Brasil, as drogas eram redistribuídas com a utilização de caminhões e veículos de passeio, para traficantes dos Estados de Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais e do Distrito Federal, onde eram comercializadas.

A última fase da ação era a lavagem do dinheiro, a fim de dissimular a origem e movimentação e dificultar o rastreio dos lucros obtidos com a comercialização pelos órgãos de fiscalização.

Os trabalhos investigativos resultaram na lavratura de sete autos de prisão em flagrante delito, na apreensão de 421 quilos de cocaína, 1.995 tonelada de maconha, oito veículos, uma aeronave e de valores em moedas estrangeiras, o que evidencia o poder de lesividade do grupo.

Além das prisões e buscas, a Justiça Federal decretou o afastamento dos sigilos bancário e fiscal dos investigados e o seqüestro e indisponibilidade dos seus bens, direitos e valores.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o, com penas que podem ultrapassar 25 anos de reclusão. Além disso, alguns dos envolvidos responderão por lavagem de dinheiro, cuja pena pode alcançar 10 anos de reclusão.

O nome "Operação Araguaia" faz alusão à região escolhida como base operacional pelos integrantes da organização criminosa.

Os presos serão encaminhados para a Penitenciária Central do Estado em Cuiabá/MT, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

Fonte: Superintendência Regional da PF em Mato Grosso


 

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O