Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Odebrecht usou doleiros para pagar propinas a operadores de Temer


Odebrecht usou doleiros para pagar propinas a operadores de Temer - Gente de Opinião

 247 – A empreiteira Odebrecht pode ter utilizado um operador financeiro e uma empresa de entrega de valores para transportar quantias diretamente ao ministro da Casa Civil Eliseu Padilha e ao advogado José Yunes, amigo de Temer. A operação da Polícia Federal que investiga essas conexões foi deflagrada da quinta-feira, dia 3, e tem como foco o sistema financeiro paralelo liderado pelo doleiro Dario Messer, apontado como o ‘doleiro dos doleiros’. O esquema movimentou U$S 1,6 bilhão de dólares entre 2011 e 2017, através de 3 mil offshores espalhadas em 52 países.

“Os delatores Vincius Claret, conhecido como Juca Bala, e Cláudio Barboza, o Tony, revelaram aos investigadores da “Câmbio, Desligo” que a Odebrecht era cliente do grupo comandado por Messer e que o doleiro chegou a emprestar US$ 8 milhões, em 2011, para o caixa 2 da empresa utilizado para pagar propina a políticos.

Os pagamentos aos aliados do presidente seriam parte dos R$ 10 milhões supostamente prometidos pela empreiteira baiana ao grupo político de Temer em jantar realizado, em 28 de maio de 2014, no Palácio do Jaburu. Os repasses, delatados pelo ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Mello, são alvos de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) em que Temer e os ministros Moreira Franco (atualmente em Minas e Energia) e Padilha são investigados por suspeitas de repasses de propinas para campanhas eleitorais do MDB em troca de favorecimento à empresa.”

Leia mais aqui.

Veja Mais

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O