Porto Velho (RO) terça-feira, 1 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

OAB ouve denúncias de tortura na unidade de internação de adolescentes


A comissão de Direitos Humanos da Seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil estuda a adoção de medidas práticas e urgentes para solucionar os problemas detectados durante a visita surpresa a Unidade Sócio-Educativa de Internação, da rua Rio de Janeiro. Membros da Comissão integram o Fórum Estadual Não Governamental dos Direitos da Criança e Adolescente, que no último dia 15, fizeram uma visita surpresa a Unidade e constataram as péssimas condições de funcionamento e a condição insalubre em que os jovens são mantidos. Durante a visita, o Fórum constatou as péssimas condições de funcionamento e recolheu várias denúncias da prática de tortura.

Como resultado da visita a Casa do Adolescente, o Fórum Estadual produziu um relatório psico-social que será apresentado aos órgãos competentes. Na tarde de quinta-feira, representantes das instituições que compõem o Fórum se reuniram no prédio do Juizado da Infância e da Adolescência para debater soluções mais enérgicas e medidas definitivas para melhorar as condições de funcionamento da unidade. Uma outra reunião, apenas com órgão não governamentais, foi marcada ainda para este mês.

A morte de dois adolescentes internos em menos de uma semana e denúncias de tortura e maus tratos na Unidade Sócio-Educativa de Internação foram as principais motivações para a intervenção do Fórum que além da OAB, conta com a participação de representantes do Conselho Tutelar um e 2, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Juizado, DEPCA, Conselho Regional de Psicologia, Conselho Regional de Serviço Social, Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente e o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Responsabilidade

A delegada Elza Aparecida Castro, da DEPCA, já instaurou inquérito policial e encaminhou sete jovens que apresentavam sinais de agressão para exame de corpo delito, no Instituto Médico Legal (IML). As investigações iniciaram já no sábado, quando a delegada Elza Aparecida ouviu o depoimento dos sete internos, depois da inspeção surpresa.

O diretor de segurança da Unidade Sócio-Educativa de Internação, Wildney Jorge Canto de Lima, poderá ser responsabilizado pelo crime de tortura e maus tratos, caso as denúncias feitas pelos adolescentes sejam confirmadas pela Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DEPCA).

A delegada Elza Aparecida classificou como muito ruim e lamentou que um local preparado para receber 40 adolescentes esteja superlotado, com 141 internos. "Até o final do ano a casa terá 250 adolescentes", analisou a delegada.

Para a Comissão de Direitos Humanos da OAB o objetivo dessa fiscalização é buscar medidas viáveis para resolver os problemas da superlotação e de maus tratos, além de implantação de efetivo programa de medidas sócios-educativas, conforme preconiza o ECA e o sistema Nacional de Atendimento Sócio-Educativo (Sinase).

Fonte: OAB-RO

 

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O