Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

O que falta mais? Coronel é o PC Farias de Temer


O que falta mais? Coronel é o PC Farias de Temer  - Gente de Opinião

  247 - a Avanço das investigações da Polícia Federal (PF) nas últimas semanas deixa claro que o coronel aposentado da PM João Baptista Lima é o PC Farias de Michel Temer. Da mesma forma que o famoso tesoureiro de Fernando Collor de Mello mais de 25 anos atrás, o tesoureiro de Temer arrecada dinheiro durante campanhas eleitorais e fora delas, gere diversas despesas da família presidencial e é "laranja": tem dinheiro e propriedades de Temer em seu nome. No último mês de investigações os valores mensurados no esquema Temer/coronel mais que decuplicaram: saltaram de R$ 2 milhões para R$ 23,6 milhões. Um quarto de século atrás, com muito menos provas que agora, Collor foi cassado.

As últimas descobertas são avassaladoras:

1. Temer mentiu em declarações à PF, ao afirmar que o coronel-tesoureiro não arrecadava dinheiro para suas campanhas eleitorais. O empresário e sócio do grupo Libra, Gonçalo Torrealba, confirmou os insistentes pedidos de Lima para arrancar propinas destinados a Temer (aqui).

2. O coronel intermediava as relações entre Temer e o Grupo Libra, atuando como "garoto de recados", como ficou comprovado com a quebra do sigilo do celular de Batista. Pouco depois de conversas pelo whatsapp, aconteceram reuniões entre Temer e sócios do Libra -lodo depois do golpe, Temer renovou a concessão por vinte anos do grupo Libra (aqui).  

3. O coronel-PC Farias tem pelo menos R$ 23,6 milhões em contas pessoais e de empresas em seu nome. O valor é estrondoso e é apenas o que foi descoberto até agora. A soma milionária contrasta com o depoimento à  PF de um contador do coronel, Almir Martins, disse só se recordar do faturamento líquido da Argeplan (a empresa até agora mais em evidência), que seria em torno de R$ 100 mil a R$ 200 mil anuais.

4. Reformas nas casas de Maristela Temer, filha de Michel foram pagas pelo coronel, sua mulher e uma de suas empresas. O próprio Temer encarregou o coronel de cuidar do assunto, em 2014 (aqui).

Para que se tenha uma ideia da evolução do caso, até o início de maio, os valores mensurados no esquema de Temer/coronel Batista não passavam de R$ 2 milhões. Em menos de um mês, a soma já está multiplicada por mais de dez.

Mais Sobre Polícia

DENARC deflagra operação Norte visando cumprir 13 mandados de prisão em Porto Velho

DENARC deflagra operação Norte visando cumprir 13 mandados de prisão em Porto Velho

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio do Departamento de Narcóticos - DENARC, com apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais

OPERAÇÃO PROPAGARE – Ministério Público de Rondônia deflagra operação contra esquema criminoso envolvendo empresas de publicidade contratada pelo Estado de Rondônia

OPERAÇÃO PROPAGARE – Ministério Público de Rondônia deflagra operação contra esquema criminoso envolvendo empresas de publicidade contratada pelo Estado de Rondônia

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio de seu Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRO), com apoio da Políci

OPERAÇÃO ARMAGEDOM – MPRO deflagra operação contra esquema criminoso na contratação de tornozeleiras eletrônicas na Sejus

OPERAÇÃO ARMAGEDOM – MPRO deflagra operação contra esquema criminoso na contratação de tornozeleiras eletrônicas na Sejus

O Ministério Público do Estado de Rondônia (MPRO), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com apoio da Políci

Receita Federal do Brasil em Guajará-Mirim apreende pasta base de cocaína

Receita Federal do Brasil em Guajará-Mirim apreende pasta base de cocaína

Nesta terça-feira, dia 28 de janeiro, em uma abordagem de rotina de pedestres que atravessam a fronteira da Bolívia ao Brasil, a Receita Federal do