Porto Velho (RO) quinta-feira, 3 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Narcotraficantes e fugitivos do sistema penitenciário aterrorizam bairro bairro JK I


 
Moradores do bairro JK I repetiram nesta quinta-feira (29/01) denúncias contra ações contínuas de narcotraficantes e quadrilhas de prostitutas nas principais ruas do bairro. “Protegidos pela falta de iluminação pública, crateras, lagoas e matagais em terrenos baldios e vias públicas, narcotraficantes vendem drogas, à noite, nas ruas Inácio Mendes, Antônio Violão, Benedito Inocêncio, Tereza Amélia, Ibrahim Sued e nas avenidas Alexandre Guimarães, José Amador dos Reis, Plácido de Castro e União. Vendedores de maconha, cocaína e crack “trabalham” associados a prostitutas que fazem pontos nessas ruas. O bairro JK é palco de furtos, roubos, assaltos. Presidiários albergados, reincidentes em porte ilegal de armas-de-fogo, transitam armados com revólveres, escopetas, facas e porretes, principalmente a partir das 18 horas. Entre os envolvidos estão irmãs e esposas de narcotraficantes recolhidos ao presídio Urso Branco”, denunciou o morador Itamar Albion Mendes.

 

NARCOTRÁFICO NOTURNO

Uma fonte descreveu o “modus operandi” dos narcotraficantes nas ruas Inácio Mendes e Antônio: “Eles transitam montados motocicletas e bicicletas. Tenho a impressão que vendem drogas encomendadas por telefones celulares e fazem entregas em residências de viciados”.

Os moradores dizem que dezenas de denúncias foram encaminhadas à Polícia Militar, porém viaturas da PM dificilmente transitam em ruas dominadas por traficantes, assaltantes, ladrões e fugitivos do sistema penitenciário.

 

SOCIALISTA E SÃO FRANCISCO

Moradores do Socialista e São Francisco sofrem a mesma insegurança e o clima de ameaças que atingem os vizinhos do JK I. Denunciam crimes sucessivos praticados nas ruas Princesa Isabel, União, TV Astor, Voluntários da Pátria, Aruba, Petrônio Ferreira e Major Pinheiro Franco.

Ações delituosas de narcotraficantes se estendem às proximidades das escolas Risoleta Neves, Daniel Néri, Ulisses Soares Ferreira e São Luís, instaladas no Tancredo Neves, JK e São Francisco, respectivamente. Estes e outros bairros da zona leste de Porto Velho registram recordes de homicídios, latrocínios, tráfico, formação de quadrilhas, crimes conexos e quase todos os capitulados no Código Penal brasileiro.

Fonte: Abelardo Jorge

 

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O