Porto Velho (RO) domingo, 18 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Polícia

MP e PC promovem capacitação em Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro


MP e PC promovem capacitação em Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro - Gente de Opinião

O Ministério Público de Rondônia e a Polícia Civil realizam nesta terça e quarta-feira (18 e 19/09), em Porto Velho, o IV Seminário da Rede LAB: Casos de Sucesso, evento que busca divulgar ações desenvolvidas pelo Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro (LAB-LD). O laboratório, já utilizado pela Polícia Civil do Estado e em fase de implementação pelo MP/RO, é um modelo de trabalho que prevê a aplicação de soluções de análise tecnológica em grandes volumes de informações e estudos sobre as melhores práticas em hardware e software nas investigações.

O Laboratório de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro visa ao atendimento da meta 16 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla 2006), criada pelo Ministério da Justiça, como forma de contribuir para o combate à lavagem de dinheiro no País.

O Seminário foi aberto pelo Diretor do Centro de Atividades Extrajduciais (Caex), Procurador de Justiça Cláudio Wolff Harger, que destacou a relevância do evento, mencionando a importância de palestras de integrantes da Rede LAB de outros Estados, como forma de apoiar as unidades que estão iniciando os trabalhos. “As exposições de casos de sucesso, que alcançaram grande repercussão nacional, nos darão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as formas de soluções técnicas e o uso de softwares. Essa experiência será de grande valia para as ações a serem realizadas em nível local”, afirmou.

Presente ao evento, o Coordenador Nacional da Rede LAB, Leonardo da Silva Terra, fez um histórico sobre a implantação do laboratório, ressaltando o potencial de unidades instaladas no âmbito dos Ministérios Públicos, Polícias Civil e Federal e, ainda, da Receita Federal em diversos estados do País. “Durante o seminário, nossos especialistas poderão dar uma dimensão da capacidade do trabalho que vem sendo executado”, disse.

Também presente, o Secretário-Adjunto da Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Antônio Carlos dos Reis, falou sobre os recentes resultados do Laboratório de Tecnologia em Rondônia, enfatizando a eficiência da ferramenta para investigações que vem sendo realizadas. “O uso do laboratório no Estado significou um grande salto, com o qual pudemos fazer frente às organizações criminosas”.

Ainda durante a solenidade de abertura, o Gerente de Inteligência da Sesdec, Delegado Lindomar Bezerra, pontuou o compartilhamento de dados como maior contribuição da Rede de Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro para o combate ao crime. “Hoje, o maior foco dessa rede é o combate ao crime contra a administração pública. Se não nos capacitarmos, não chegaremos a responsabilizar autores de atos dessa natureza”, disse.

Seminário

O IV Seminário da Rede LAB visa incentivar e fortalecer a cooperação entre as instituições que atuam no combate à lavagem de dinheiro, para valorização e melhoria de resultados do trabalho executado, a partir desse modelo.

Nesta terça, palestraram no evento o policial federal Carlos Henrique Firmino de Oliveira, de São Paulo; os analistas em Tecnologia da Informação do Ministério Público do Estado do Amapá, Verônica Souza dos Santos e Gilberto Cristiano dos Santos Rodrigues; e , ainda, o Promotor de Justiça Militar Luiz Felipe Carvalho.

Para esta quarta, estão previstas as palestras do assessor jurídico do Ministério Público de São Paulo, Pedro Shimomichi, e do analista de informações da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Andre Schwarzer.

O seminário ocorre no auditório do edifício-sede do MPRO e tem como público integrantes das Polícias Civil, Federal e Receita Federal, entre outros órgãos.

Mais Sobre Polícia

Garimpeiros invadem aldeia no Amapá e matam cacique

Garimpeiros invadem aldeia no Amapá e matam cacique

Garimpeiros invadiram neste sábado (27) a aldeia de Waiãpi, no Amapá, e assassinaram uma liderança indígena do local; segundo o senador Randolfe Rodri

Quatro suspeitos de invadir telefone de Sergio Moro são detidos pela PF

Quatro suspeitos de invadir telefone de Sergio Moro são detidos pela PF

Policiais federais detiveram hoje (23), no estado de São Paulo, quatro suspeitos de acessar, sem autorização, o telefone celular do ministro da Justiç

Ministro da Infraestrutura confirma recursos para a recuperação da BR-364 e conclusão da ponte do Abunã

Ministro da Infraestrutura confirma recursos para a recuperação da BR-364 e conclusão da ponte do Abunã

Em reunião nesta terça-feira (14-05) com a bancada de Rondônia, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirmou que o Governo Federal vai

OAB/RO cobra apuração sobre assassinato de advogado

OAB/RO cobra apuração sobre assassinato de advogado

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO), Elton Assis, solicitou à Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cida