Porto Velho (RO) domingo, 26 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Justiça

STF decide que criação de cargos em comissão da Assembleia Legislativa de Rondônia é nula


STF decide que criação de cargos em comissão da Assembleia Legislativa de Rondônia é nula - Gente de Opinião

O Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a inconstitucionalidade de norma do Estado de Rondônia que criou cargos em comissão no quadro de pessoal da Assembleia Legislativa do estado que não se destinam a direção, chefia e assessoramento. A decisão unânime foi tomada no julgamento de Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 6963), ajuizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), na sessão virtual encerrada em 20/4.

Concurso público

A Lei Complementar estadual 1.056/2020 criou, entre outros, cargos em comissão de assistente técnico, assistente parlamentar, assistente especial de gabinete, secretária de apoio, secretária de gabinete e assessor.

O Plenário seguiu o voto do relator, ministro Alexandre de Moraes, no sentido de que a jurisprudência do STF rejeita qualquer burla à exigência de concurso público. “A Constituição Federal é intransigente em relação à imposição da efetividade do princípio constitucional do concurso público, como regra, a todas as admissões da administração pública, vedando expressamente tanto a ausência desse postulado quanto seu afastamento fraudulento, por meio de qualquer artifício administrativo ou legislativo”, afirmou.

Direção, chefia e assessoramento

Ele lembrou, ainda, que no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 1041210 (Tema 1.010), o Supremo reafirmou a jurisprudência de que a criação de cargos em comissão somente se justifica para o exercício de funções de direção, chefia e assessoramento, e não ao desempenho de atividades burocráticas, técnicas ou operacionais. Segundo o ministro, os cargos previstos na legislação de Rondônia não contemplam os requisitos constitucionais, pois se destinam a tarefas de caráter eminentemente técnico e administrativo.

Mais Sobre Justiça

Decisão Liminar obtida pelo MPT determina a contratação de pessoas com deficiência em empresa de Porto Velho/RO

Decisão Liminar obtida pelo MPT determina a contratação de pessoas com deficiência em empresa de Porto Velho/RO

Na última quarta-feira (22/06), o Juízo da 4ª Vara de Porto Velho/RO, por meio da Juíza do Trabalho Titular Andrea Alexandra Barreto Ferreira, profe

Programa Justiça do Trabalho Presente é apresentado no Fórum Digital do distrito de Extrema

Programa Justiça do Trabalho Presente é apresentado no Fórum Digital do distrito de Extrema

Na última segunda-feira (20), o Programa Justiça do Trabalho Presente do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO/AC) foi um dos destaques ap

Justiça do Trabalho de RO e AC abre inscrições para seleção de estagiários

Justiça do Trabalho de RO e AC abre inscrições para seleção de estagiários

O Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO/AC) lançou novo Edital de seleção pública para o seu Programa de Estágio. As inscrições podem ser