Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Justiça

MP recomenda medidas de controle ao caramujo africano aos prefeitos de Vilhena e Chupinguaia


MP recomenda medidas de controle ao caramujo africano aos prefeitos de Vilhena e Chupinguaia  - Gente de Opinião

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Vilhena (Curadoria da Saúde), expediu notificações recomendatórias aos prefeitos e secretários municipais de Saúde e do Meio Ambiente dos municípios de Vilhena e Chupinguaia para que, no prazo de 30 dias, promova criação de um Comitê ou Programa de Prevenção e Combate a Proliferação da Achatina fulica (caramujo africano), vinculado a chefia de Gabinete da Prefeitura, a fim de efetivar a participação de todos os órgãos municipais necessários a consecução de atividades voltadas ao combate e a prevenção da proliferação do molusco, responsável pela transmissão de diversas doenças a exemplo da menigite eosinfolífica.

O MP recomenda que seja intensificada a fiscalização nas residências e prédios públicos e particulares, especialmente em terrenos com entulhos e fundos de quintal para combate a proliferação do caramujo. Que seja mantida ações de combate e prevenção da proliferação da Achatina fulica como prioridade, durante todo o ano, independente do período de chuva, haja vista que o Estado de Rondônia é região propícia à proliferação do molusco. Orienta ainda a adoção de medidas para os moradores que durante as fiscalizações forem reincidentes com criadouros do molusco, transmissor da doença.

A recomendação foi uma das medidas estabelecidas em Procedimento Administrativo instaurado pelo Promotor de Justiça Paulo Fernando Lermen para fiscalizar a acompanhar a atuação dos órgãos municipais de Vilhena e Chupinguaia para o combate a proliferação do caramujo africano.

A Achatina fulica, nome científico do caramujo gigante africano, é um molusco originário da África, que foi introduzido no Brasil por criadores de escargot interessados em difundir o produto comercialmente, contudo a utilização para a culinária fracassou, os caramujos foram soltos na natureza e se transformaram numa praga.

O caramujo africando é causador de diversas doenças, apontado como o vetor mais importante dos vermes Angiolstrogylos meningoencefálica (ou meningite eosinfolífica) e do Agiostrongylos costraricensis, causador da Angiolstrongilíase abdominal. A Achatina também representa sério problema ambiental, uma vez que se adapta facilmente a florestas tropicais competindo por espaço e alimento com a fauna nativa e possui hábitos ligados a ambientes aquáticos e/ou com matéria organizada, tornando-se, dessa forma, um sério problema ambiental e econômico, devido à competição por alimento e espaço com a fauna nativa.

Mais Sobre Justiça

Novo Procurador-Geral de Justiça do MPRO diz que vai priorizar o combate à corrupção e às organizações criminosas em sua gestão

Novo Procurador-Geral de Justiça do MPRO diz que vai priorizar o combate à corrupção e às organizações criminosas em sua gestão

O Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia deu posse, nesta sexta-feira, dia 17 de maio, ao Promotor de Justi

Acusados de estuprar Nayara são absolvidos pelos Jurados

Acusados de estuprar Nayara são absolvidos pelos Jurados

Depois de dois dias de julgamento foi encerrado, nessa quinta-feira, 16, o segundo júri do caso Nayara Karine, estudante de jornalismo morta e estupra

2º Tribunal do Júri realiza primeira audiência de instrução do caso da professora Joselita, morta pelo ex-marido.

2º Tribunal do Júri realiza primeira audiência de instrução do caso da professora Joselita, morta pelo ex-marido.

O caso da professora Joselita Felix da Silva, de 47 anos, vítima de feminicídio, no dia 17 de março, em Candeias do Jamari, terá sua primeira audiênci

Ex- ministro José Dirceu deve se entregar à PF em Curitiba até amanhã às 16h

Ex- ministro José Dirceu deve se entregar à PF em Curitiba até amanhã às 16h

O juiz Luiz Antonio Bonat, titular da 13ª Vara Federal em Curitiba, determinou no início da noite desta quinta-feira (16) a prisão do ex-ministro José