Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Federal caça 4 acusados de desviar dinheiro da Funasa



A Polícia Federal de Mato Grosso intensificou, nesta semana, a procura por quatro indiciados envolvidos em inquéritos da Operação Hygeia que ainda estão foragidos.

Os indiciados já foram procurados em residências e locais de trabalho e nos locais procáveis onde poderiam ser localizados, desde a decretação da prisão, pela Justiça Federal. A informação é da Assessoria de Imprensa da PF.

Uma das pessoas foragidas é a empresária Maria Guimarães, presidente da Oscip Idheas, que tem residência fixa em Cuiabá. A entidade por ele comandada tinha contrato com várias prefeituras, entre as quais, a de Tangará da Serra (235 km a Noroeste da Capital), onde controlava o sistema de Saúde Municipal. Segundo a PF, há suspeitas de que a foragida encontra-se em Belo Horizonte (MG).

Outro indiciado é o empresário Luciano Carvalho Mesquita, presidente do Creatio, Oscip considerada um dos principais pivôs do escândalo que originou a Operação Hygeia: a entidade seria o elo entre políticos e empresários e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Mesquita tem residência fixa na Capital.

Outros foragidos são: Celino Carvalho Mesquita - empresário, também com residência em Cuiabá, e Ronido Nascimento, empresário, que mora no Distrito Federal.

Outras 31 pessoas tiveram mandados de prisão expedidos no dia 7 passado, data da deflagração da Operação Hygéia; 26 continuam presas até a conclusão das investigações, por ordem judicial.

Como MidiaNews antecipou, a PF espera encerrar o inquérito até sexta-feira (16), quando também se encerra o prazo da prisão temporária dos acusados.

Fonte: Midia News/ANTONIO DE SOUZA

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O