Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Danos ao patrimônio público, roubo e ameaça a policiais


 
Policiais militares agredidos, ônibus depredados e roubados foi o saldo da manifestação feita na manhã de ontem, 17, na Avenida 7 de setembro e depois na prefeitura de Porto Velho, por pessoas que aproveitando o momento de represália ao reajuste nas tarifas do transporte coletivo na capital promoveram atos de vandalismo e ameaçando tocar fogo em ônibus obrigaram passageiros, motorista e cobradora a deixar o veiculo e anunciaram o roubo. A Polícia só revidou quando foi agredida injustamente por integrantes do bando.

De acordo com o Boletim de Ocorrências registrado na Central de Polícia, os policiais militares que ali estavam para servir e proteger, ficaram com lesões graves e escoriações pelo corpo: José Augusto Ubelino de Barros, Fábio Alexandre da Rosa, Raimundo Agustinho Sobrinho, Adilon Pereira da Silva, Reginey de Castro Tavares, Leandro Costa Camurça, Claudionor Vieria Galdino, Ivanei Lopes de Sousa e Alice Marcolino Lisboa, sofreram lesões, mas conseguiram dominar e prender os agressores.

Pelos danos, roubos e depredação a ônibus, foram presos Matias Firmino da Silva, 18. Com ele a Polícia apreendeu uma garrafa com liquido inflamável. Com Dione Medeiros Ribeiro, a Polícia apreendeu duas camisas, uma azul e outra azul com branco, três pedras, três pedaços de madeira com bandeiras de protesto. Também foi preso Alisson Dione Gomes, que estava com panfleto onde a palavra de ordem era: Manifestação, porrada o busão, três pedras e três pedaços de madeira. Jeferson Monteiro Caldas, também manifestante estava com três pedaços de madeira e outros que atirou nos policiais.
 

O caso

A guarnição do sargento PM Augustinho foi designada pelo Centro Integrado de Operações Policiais – CIOP para atender a uma ocorrência de dano. Rangel Freira Cerdeira e cobrador Jose Maria de Oliveira, foram obrigados pelos manifestantes a descerem do coletivo, juntamente com os passageiros. Em seguida os acusados passaram a danificar o veiculo causando danos no pára-brisa e janelas. A Polícia informou que os manifestantes passaram a agredir pessoas e impedir o direito de ir e vir, seguindo para a Avenida Carlos Gomes.
 

Roubo

Matias Firmino da Silva, um dos presos, foi acusado de juntamente com outros manifestantes, após terem danificado outro ônibus da empresa 3 Marias com pedras e paus,tendo um deles entrado no carro com uma garrafa de produto inflamável, ameaçou tocar fogo no ônibus e em seguida roubou a caixa em R$ 271,00. Após a depredação fugiram com destino a prefeitura de Porto Velho. O sargento PM Ubelino tentou diálogo com os depredadores, mas recebeu como resposta, dissabores “ vai te f.... policial corrupto” foi então que Matias recebeu voz de prisão.
 

Ataque

Neste momento, segundo a Polícia, manifestantes começaram a atirar paus e pedras em direção aos policiais, danificando uma viatura e resgatando o preso. Com reforço de outras equipes, os policiais dominaram a situação, prenderam os manifestantes e apreenderam faixas que diziam: CLDP, se a tarifa não baixar o pau vai quebrar, 2,60 não dá, passe livre já, pancada no busão, entre outras.

Fonte:  Lenilson Guedes,
 

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O