Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

CONDENADO ACUSADO DE OCULTAR CADÁVER DE AGENTE FEDERAL



O boliviano José Pereira Melgar, 32, vulgo “Butela”, acusado pelo Ministério Público Federal de ocultação de cadáver e subtração de armamento pertencente ao Departamento de Polícia Federal, foi condenado a 6 anos e seis meses de reclusão pelo Tribunal do Júri da Justiça Federal. O julgamento aconteceu quarta-feira passada no edifício-sede da Seção Judiciária de Rondônia.

Melgar, em ação conjunta com outros elementos envolvidos no tráfico internacional de droga, colocou o cadáver do policial federal Roberto Simões numa lancha voadeira e o enterrou em cova rasa numa área localizada na fronteira do Brasil com a Bolívia, com o objetivo de ocultar o corpo do agente dificultar as investigações da polícia. Além disso, o denunciado e seus comparsas subtraíram para si várias armas pertencentes ao Departamento de Polícia Federal. Os agentes estavam na região para dar cumprimento a mandado de busca e apreensão, quando foram surpreendidos pela emboscada dos marginais.

O julgamento foi presidido pelo juiz federal titular da 3ª vara, Élcio Arruda.

Fonte: Ascom/JFRO

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O