Porto Velho (RO) domingo, 29 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Amorim questiona exclusão de seringueiros em reunião para discutir crise no setor


 
O deputado federal Ernandes Amorim (PTB) questionou hoje (26) o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) o porquê da exclusão dos seringueiros na reunião solicitada por ele para discutir uma política para o extrativismo na região e fixação de um preço mínimo para os produtos, principalmente o da borracha. A reunião está marcada para os dias cinco e seis de março próximo, mas a convocação foi feita apenas para os órgãos públicos como Emater, Ibama e Secretaria Estadual do Desenvolvimento Ambiental (Sedam).

Essa reunião, segundo relato feito por produtores ao parlamentar, estaria sendo preparada pela representação do MMA em Rondônia, mas “estranhamente” excluído os interessados – seringueiros e catadores de essências extrativistas na região – e, principalmente, o autor do pedido. No início do mês Amorim solicitou de Silvio Porto, diretor de Logística e Gestão Empresarial da Conab, o envio do técnico Humberto Lobo para discutir, em Porto Velho, com os representantes dos seringueiros de Rondônia, Acre e Amazonas, as dificuldades que o setor extrativista vem sofrendo, em especial à política de preço mínimo e comercialização.

Em seguida, o parlamentar se uniu ao seu colega Sérgio Petecão (PMN-AC), numa articulação política envolvendo as bancadas federais dos estados da Amazônia para pressionar o Governo Federal a “salvar” a atividade na região, em decorrência de os seringueiros e outros coletores de essências extrativistas estarem “passando necessidades”, por falta de normatização do decreto que baliza o preço mínimo dos produtos na região

“É muito estranho essa postura da representação do Ministério do Meio Ambiente em Rondônia. Estamos cobrando providências já que somos o autor do pedido dessa reunião bem como o envio do técnico, mas para discutir a situação com os seringueiros e as diversas associações deles tanto em Rondônia quanto do Acre e do Amazonas. Mas os produtores nos procuraram com essa informação de que o técnico Humberto Lobo, conhecedor desse problema na região, virá a Porto Velho nos próximos dias cinco e seis de março, mas para discutir o assunto apenas com órgãos públicos. Essa tem sido a praxe desse órgão ambiental no Estado, fazer as coisas às escondidas e não sabemos a razão. Nós queremos e vamos fazer essa reunião de forma ampliada com os seringueiros e suas organizações e os parlamentares. Não se resolve política pública às escondidas. Inclusive estou pedindo punição para esse tipo de postura cínica e incorreta”, disse Amorim
Ele voltou a defender a fixação do preço mínimo da borracha, essencial para assegurar a subsistência do segmento extrativista na região. ‘“Esse preço mínimo, principal reivindicação dos produtores, não está sendo garantido, o que está causando grandes prejuízos aos seringueiros de Rondônia, Acre e Amazonas, muito deles passando até fome”, reclama. Amorim cobra ao MMA e Conab a convocação pública da reunião com data e local da reunião e a conseqüente mobilização e convite aos seringueiros de Rondônia, Acre e Amazonas e as respectivas bancadas federais nesses estados. 
 
Fonte: Yodon Guedes

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O