Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Polícia

Ação conjunta entre Polícia Militar e Polícia Penal resulta em apreensões e prisões em condomínio de Porto Velho


Ação conjunta entre Polícia Militar e Polícia Penal resulta em apreensões e prisões em condomínio de Porto Velho - Gente de Opinião

Para conter criminosos que agem no condomínio Porto Madeira III, em Porto Velho, policiais militares em ação conjunta com policiais penais, empregados na Operação Maximus, realizaram ontem, 31, por volta das 21 horas, prisões e apreensões contra suspeitos naquele local. Quando os policiais militares foram vistos nas imediações do condomínio, vários suspeitos fugiram e se esconderam nos apartamentos. Os policiais viram quais foram os blocos em que eles entraram e realizaram abordagens.

Segundo a PM, em um dos apartamentos,  uma mulher atendeu a guarnição, momento em que foi possível visualizar uma bandeja com certa quantidade de substância aparentando ser maconha em cima do sofá, além de ser possível sentir o forte odor que exalava de dentro do apartamento.  Com o consentimento da proprietária, os policiais localizaram no apartamento, 40 invólucros embalados de maconha, etiquetados e prontos para a venda, bem como, duas porções de substância de cor branca, aparentando ser cocaína, dois tabletes grandes de substância aparentando ser maconha e duas porções pequenas de substância aparentando ser maconha.

Ação conjunta entre Polícia Militar e Polícia Penal resulta em apreensões e prisões em condomínio de Porto Velho - Gente de Opinião

No local também foram localizados vários apetrechos utilizados na comercialização dos entorpecentes como: uma balança de precisão, um pote de cor branca contendo vários saquinhos plásticos utilizados para embalar e comercializar os entorpecentes, várias etiquetas utilizadas para identificar o produto entorpecente, um rolo de papel filme, uma régua, duas tesouras (uma grande de cor amarela e uma pequena), uma faca com resquícios de entorpecentes, a quantia de R$ 75,20,  maços de papel de seda que eram comercializados juntamente com os entorpecentes. 

Venda fidelizada

A mulher informou aos policiais que vendia cada involucro de entorpecente, pelo valor de R$ 10,00 e que estariam comercializando os entorpecentes ha pouco tempo naquele local. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos conduzidos, dito seus direitos constitucionais e encaminhados a Central de Flagrantes para demais medidas que o caso requer.

De acordo com a PM, a venda dos entorpecentes era bastante organizada, sendo que na etiqueta havia uma espécie de “fidelidade”, onde a cada 10 etiquetas juntadas, daria direito a uma porção grátis do produto entorpecente. Foram apreendidos ainda um um celular Iphone de cor branca com tela e traseira danificada, um celular Samsung de cor preta e capinha transparente, um celular Samsung, de cor azul furtacor com traseira danificada.

Um mostruário contendo várias peças de semi-joias de procedência duvidosa (sendo 14 anéis de cor dourada, 44 pares de brincos de cor dourada, 10 pingentes de cor dourada, nove  cordões de cor dourada e 10 pulseiras de cor dourada) uma bag de cor preta, um relógio de cor dourada, uma pulseira de cor dourada quebrada, um par de fone JBL de cor preta e uma chave de ignição.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Professora é agredida por autista, registra BO e família é intimada

Professora é agredida por autista, registra BO e família é intimada

Os pais de uma adolescente autista compareceram nesta terça-feira (21) a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais de Porto Velho, in

Após ACP do Ministério Público, Polícia Civil volta a ativar o serviço de registro de ocorrência em suas unidades

Após ACP do Ministério Público, Polícia Civil volta a ativar o serviço de registro de ocorrência em suas unidades

A partir desta terça-feira (30/4), foi reestabelecido o serviço de registro de ocorrência na Delegacia da Mulher (DEAM) e de Proteção à Criança (DPC

PM e PF realizam mais uma grande apreensão de drogas em Rondônia

PM e PF realizam mais uma grande apreensão de drogas em Rondônia

A Policia Militar do Estado de Rondônia, em operação conjunta com a Polícia Federal, fizeram a apreensão de aproximadamente 180 quilos de maconha na

Operação Conjunta – PM e PF prendem traficantes e apreendem mais de 110 quilos de drogas

Operação Conjunta – PM e PF prendem traficantes e apreendem mais de 110 quilos de drogas

Na madrugada de 25 de abril, uma operação conjunta entre a Polícia Federal, o 10º Batalhão de Polícia Militar e o Batalhão de Polícia de Fronteira e

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)