Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente

Santo Antônio Energia reafirma parceria com a Unir

Acordo de cooperação será firmado entre a Usina e a Universidade


Santo Antônio Energia reafirma parceria com a Unir - Gente de Opinião

O presidente da Santo Antônio Energia, Daniel Faria Costa, em nova passagem por Porto Velho na última semana, fez questão de fazer uma visita à Universidade Federal de Rondônia (Unir) para um encontro com a reitora, Marcele Pereira. Na reunião, foi acertado o desenho de um acordo de cooperação entre ambas as partes, para que possam atuar em projetos conjuntos, utilizando o conhecimento e as estruturas técnicas e físicas da universidade e da usina.

“Temos muitas iniciativas sociais e ambientais sendo entregues para a comunidade e acreditamos que a universidade pode apoiar nas etapas seguintes, disseminando conhecimento dos seus profissionais e alunos para desenvolver as comunidades e as preparando para uma gestão com mais autonomia. De outro lado, nossa usina tem laboratórios e uma capacidade técnica que podem servir de experimentação e estágio para vários alunos da universidade. A Unir e a Santo Antônio querem estar juntas no desenvolvimento da região”, afirma Daniel Costa, presidente da Santo Antônio Energia.

A empresa sempre foi parceira da Unir. No início desde ano, a companhia entregou para a universidade todo o acervo arqueológico encontrado durante a implantação da hidrelétrica, o que representou cerca de 300 mil artefatos como vasos de cerâmica, instrumentos e adornos produzidos por indígenas e peças da época da instalação da ferrovia Madeira-Mamoré. Todo este material foi acomodado no novo prédio da Reserva Técnica da universidade, cujo projeto de engenharia foi elaborado pela companhia. Também foi repassado para a universidade o material paleontológico resgatado durante a formação do reservatório da usina.

"Os interesses e o potencial da parceria entre a Unir e a Santo Antônio Energia são muitos, especialmente por reconhecermos o interesse em fortalecer as pautas sociais e a defesa conjunta na produção de conhecimentos científicos. E isso se aplica também a atuação junto às populações ribeirinhas, quilombolas e indígenas, de modo a reduzir distâncias e ampliar as inúmeras ações de compensação já implementadas. Por isso agradecemos a visita dos diretores da Santo Antônio Energia, e pela oportunidade de seguirmos avançando nesta ações", afirma Marcele Pereira, reitora da Universidade.

A parceria da Santo Antônio Energia com a Unir existe desde a época de implantação da usina. Foi a empresa que lançou os três volumes do livro Peixes do Rio Madeira com a impressionante diversidade de peixes do principal afluente do Amazonas, resultado de uma pesquisa da universidade. Os prédios que abrigam a coleção ictiológica da Unir e o herbário também foram construídos pela companhia.

“A Santo Antônio Energia sempre acreditou em projetos em parceria com entidades de ensino e está com um olhar cada vez mais voltado para inovação. Por isso, queremos retomar projetos em conjunto com a universidade. Estreitar ainda mais esta parceria, que sempre foi importante para nós, é um dos nossos maiores desejos”, afirma Daniel Costa.

Além dos investimentos em benefício da instituição de ensino, a Santo Antônio Energia já aplicou em Rondônia cerca de R$ 2 bilhões em Sustentabilidade, desde o início de construção da hidrelétrica, em 2008.

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente

Projeto “Luz para Educação” leva energia solar para escola na Reserva Extrativista Rio Pacaás Novos

Projeto “Luz para Educação” leva energia solar para escola na Reserva Extrativista Rio Pacaás Novos

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), inaugurou na última quinta-feira (23), o projeto “Luz pa

Sistema de Transposição de Peixes garante a migração de espécies no rio Madeira

Sistema de Transposição de Peixes garante a migração de espécies no rio Madeira

Oficialmente, o início da piracema na Amazônia acontece em novembro, no período de chuvas mais intensas e de cheia dos rios. Porém, agora, no final

Pescadores de Nova Mamoré são capacitados em curso de formação de aquaviário para pilotar embarcações de até dez metros

Pescadores de Nova Mamoré são capacitados em curso de formação de aquaviário para pilotar embarcações de até dez metros

Uma ação conjunta entre Jirau Energia e Marinha do Brasil capacitou 15 pescadores da Colônia de Pescadores Z13 com a Formação de Aquaviário em Nova

Governo de Rondônia leva energia solar para escola em comunidade da Reserva Extrativista do Rio Pacaás Novos

Governo de Rondônia leva energia solar para escola em comunidade da Reserva Extrativista do Rio Pacaás Novos

O Governo de Rondônia avança para a execução do programa “Luz para a Educação” que irá beneficiar a Comunidade Margarida, localizada na Reserva Extrat