Porto Velho (RO) segunda-feira, 9 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente

O plano da Austrália é matar 2 milhões de gatos até 2020

Os animais são um dos maiores responsáveis pela extinção de pelo menos 27 mamíferos no país; Plano do Departamento de Meio Ambiente e Energia visa aumentar a resiliência de espécies


O plano da Austrália é matar 2 milhões de gatos até 2020 - Gente de Opinião

O Departamento de Meio Ambiente e Energia da Austrália tem o plano de matar 2 milhões de gatos selvagens e erradicar os animais de cinco ilhas até 2020. Tratam-se de gatos domésticos que foram abandonados, se reproduziram na vida selvagem, e passaram a ameaçar os animais nativos do país. 


Os gatos selvagens são um dos maiores responsáveis pela extinção de pelo menos 27 mamíferos no país, aponta documento do governo da Austrália.

Eles ameaçam pelo menos 142 espécies de animais, não só mamíferos, mas também répteis, sapos e aves.

De acordo com o governo da Austrália, os gatos selvagens são uma ameaça que foi negligenciada no passado. “Com nosso comprometimento para tomar ações decisivas sobre os gatos e outras espécies invasivas, nós vamos reduzir significantemente o impacto desses predadores e aumentar a resiliência de nossas espécies nativas”, afirma o ministro de meio ambiente.

O país usa aviões para lançar salsichas envenenadas aos gatos. No plano, as medidas para exterminar os animais incluíam o desenvolvimento de uma isca chamada ‘curiosidade’ e até um aplicativo para monitorar e reportar a aparição dos gatos.

O Royal Melbourne Institute of Technology estima que mais de 211 mil gatos foram mortos durante o primeiro ano das medidas australianas.

Quando o plano foi anunciado, em 2015, mais de 160 mil pessoas assinaram petições online para que os animais fossem poupados.

A Austrália é um dos países com maiores níveis de biodiversidade do mundo. De acordo com o documento, mais de 80% dos mamíferos australianos são nativos do país. / com informações do The New York Times.

 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente

Concluída a proteção das margens do rio Madeira

Concluída a proteção das margens do rio Madeira

A Santo Antônio Energia acaba de concluir a obra de proteção das margens do rio Madeira, denominada tecnicamente de enrocamento. A proteção feita com

Bicicletas garantem agilidade nos trabalhos na Hidrelétrica Santo Antônio

Bicicletas garantem agilidade nos trabalhos na Hidrelétrica Santo Antônio

Bicicletas estão agilizando os trabalhos dos operadores da Hidrelétrica Santo Antônio que precisam percorrer várias vezes ao dia as longas galerias da

Usina Hidrelétrica Jirau recebe estudantes do IFRO

Usina Hidrelétrica Jirau recebe estudantes do IFRO

Estudantes do Curso de Eletrotécnica do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Campus Porto Velho, visitaram a Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau e conhe

Porto Velho - Pacuera irá nortear o desenvolvimento da região do entorno do reservatório da hidrelétrica

Porto Velho - Pacuera irá nortear o desenvolvimento da região do entorno do reservatório da hidrelétrica

A Santo Antônio Energia está atualizando o Plano de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório da hidrelétrica (Pacuera). O documento é um estudo ex