Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente

Jirau Energia solta 1200 balões biodegradáveis com sementes de árvores amazônicas

No dia dedicado à árvore, colaboradores se reúnem na entrada da Usina Hidrelétrica Jirau em ação que reforça a importância da preservação.


Jirau Energia solta 1200 balões biodegradáveis com sementes de árvores amazônicas - Gente de Opinião

Na data em que se comemora o Dia da Árvore, 21 de setembro, os colaboradores da Usina Hidrelétrica Jirau estavam a postos na entrada do empreendimento para realizar uma ação de reforço à preservação da floresta. Para isso, todos seguravam balões biodegradáveis, amarrados em fios de algodão com sementes de árvores nativas da região, ao todo, foram 1200 balões soltos, cada um com sementes das espécies Embaúba, Urucum, Ipê Amarelo e Jurubeba, árvores características do bioma amazônico.

“Nesse Dia da Árvore, na verdade, nós comemoramos a vida, é um convite especial para a reflexão do quanto estamos contribuindo para o planeta. Nós temos um papel fundamental nesse cuidado”. Assim, Diego Collet, Diretor de Operação da Jirau Energia, definiu a importância desse dia, ao realizar a abertura do evento que marcou a data verde, na Jirau Energia. O Diretor, ao falar com aproximadamente com 800 colaboradores, ressaltou ainda, a importância da consciência individual, quando se trata da preservação do meio ambiente. “É fundamental que estejamos juntos nessa jornada de recuperar e preservar as árvores, a Amazônia”, enfatizou.

Além da ação marcar a comemoração pelo dia dedicado a um dos recursos mais importantes para a saúde na terra, o momento também foi planejado para apresentar os resultados dos programas ligados à preservação do meio ambiente da Jirau Energia. “Nesses dez anos, temos feito inúmeras sensibilizações, principalmente nas escolas do entorno, através de doação de mudas de árvores, e várias outras atividades. Desde o início da implantação da Usina, temos trabalhado na restauração de áreas de preservação permanente e na recuperação de áreas desmobilizadas no interior da Usina. Grande parte desse trabalho foi realizado em parceria com a Cooperativa de Produtores Rurais da região que coletam sementes, produzem as mudas, executam o plantio e a semeadura, além de fazerem as manutenções necessárias. Temos muito orgulho de fazer um trabalho de fato sustentável”, disse Veríssimo Neto, Gerente de Meio Ambiente e Socioeconomia da Jirau Energia.

Resultados

Ao longo de 10 anos de operação, a Jirau Energia coleciona ações e programas com foco na recuperação de áreas de preservação permanente. Mais de 18 mil hectares de áreas de preservação são de responsabilidade da Jirau Energia, o que equivale há mais de 18 mil campos de futebol, com imensa diversidade de árvores nativas da região Amazônica.

Essas atividades demandaram mais de 630 mil mudas, com diversidade de até 110 espécies nativas da região Amazônica. A produção de mudas envolveu dezenas de viveiros familiares de pequenos agricultores do entorno da usina, o que resultou na coleta e semeadura de aproximadamente 10 toneladas de sementes na região.

Por meio deste trabalho, a parceria entre a Jirau Energia e a Cooperativa de Produtores Rurais do Observatório Ambiental Jirau (COOPPROJIRAU), o empreendimento foi reconhecido e recebeu a certificação de boas práticas no âmbito do Programa de Recuperação de Áreas Degradadas, emitido pelo IBAMA. Além dessas e de outras ações, a empresa também publicou um catálogo de espécies recomendadas para coleta de sementes, com o objetivo de recompor áreas de preservação permanente.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Santo Antônio Energia investe R$ 15 milhões em pesquisa para testar a influência de diferentes tipos de solo na instalação de usinas solares

Santo Antônio Energia investe R$ 15 milhões em pesquisa para testar a influência de diferentes tipos de solo na instalação de usinas solares

A Santo Antônio Energia, empresa controlada por Eletrobrás Furnas, investirá um total de R$ 15 milhões em uma pesquisa para avaliar a influência de

 Engie neutraliza emissões de carbono do Rio Open, através da Hidrelétrica Jirau

Engie neutraliza emissões de carbono do Rio Open, através da Hidrelétrica Jirau

O Rio Open, principal torneio de tênis da América do Sul, que comemora sua décima edição de 17 a 25 de fevereiro de 2024 no Jockey Club Brasileiro (

Jirau Energia, TAG e ENGIE têm o prazer de anunciar a abertura de oportunidades de trabalho voltadas especialmente para mulheres

Jirau Energia, TAG e ENGIE têm o prazer de anunciar a abertura de oportunidades de trabalho voltadas especialmente para mulheres

Se você é mulher e for competente, poderá ter uma chance de trabalho na Jirau Energia, ENGIE, ou Transportadora Associada de Gás – TAG. O Programa d

Projeto Quelônios do Guaporé conta com apoio da Energisa pelo terceiro ano consecutivo

Projeto Quelônios do Guaporé conta com apoio da Energisa pelo terceiro ano consecutivo

A Energisa reforça seu compromisso com a preservação da fauna amazônica ao apoiar, pelo terceiro ano consecutivo, a soltura de filhotes de tartaruga

Gente de Opinião Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)