Porto Velho (RO) segunda-feira, 1 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente

Concluída a proteção das margens do rio Madeira


Enrocamento - Gente de Opinião
Enrocamento

A Santo Antônio Energia acaba de concluir a obra de proteção das margens do rio Madeira, denominada tecnicamente de enrocamento. A proteção feita com rochas ocorreu em um trecho de 600 metros, que compreende a praça da Madeira-Mamoré,  e tem o objetivo de proteger o patrimônio histórico das erosões causadas pelas variações naturais do nível do rio Madeira.

Para garantir a eficiência do enrocamento, o projeto recebeu pequenos ajustes, verificados através de novos estudos topográficos e de engenharia. A inclinação do terreno que margeia o rio foi suavizada e a base do enrocamento foi reforçada e compactada. A  drenagem pluvial de todo o pátio também recebeu complementação para uma melhor captação e distribuição das águas, evitando erosões causadas por enxurradas.

 

Revitalização da praça da Madeira-Mamoré

Mesmo com o fim das obras de proteção das margens, a praça da Madeira-Mamoré permanece fechada já que as obras de revitalização continuam em andamento no complexo que possui mais de 114 mil metros quadrados, o equivalente a 16 campos de futebol.

Neste momento, estão sendo feitas a drenagem interna e uma rede de coleta de esgoto. Simultaneamente, três dos galpões existentes estão sendo restaurados e adequados. No galpão um, estão sendo construídos banheiros e uma passarela de acesso interligando-o ao galpão dois. No galpão dois, um mezanino será erguido para abrigar peças do acervo da Madeira-Mamoré. Já o galpão três (antiga Marinha) está recebendo a maior obra com a recuperação de sua estrutura que dará origem a uma praça de alimentação no piso superior, com uma sacada com vista para o rio Madeira.

A edificação que abrigará um posto policial está na fase final de obras e a estrutura onde estão localizados o girador, a rotunda e as oficinas também passará por intervenções. “O espaço é muito amplo e as obras, além de variadas, são muito complexas e com muitos detalhes construtivos. Estamos todos empenhados para entregarmos para a população este espaço tão importante dentro do prazo estabelecido”, explica o gerente de Obras da Santo Antônio Energia, Thiago Chiquito.

A previsão é de que as obras de revitalização terminem em meados do próximo ano.

Galeria de Imagens

  • O galpão 2 terá um mezanino para abrigar peças do acervo da Madeira-Mamoré.
    O galpão 2 terá um mezanino para abrigar peças do acervo da Madeira-Mamoré.
  • O posto policial está na fase final de obras
    O posto policial está na fase final de obras
  • A estrutura do galpão 3 está sendo recuperada. O local receberá uma praça de alimentação com sacada.
    A estrutura do galpão 3 está sendo recuperada. O local receberá uma praça de alimentação com sacada.
  • No galpão um estão sendo construídos banheiros
    No galpão um estão sendo construídos banheiros
  • Uma passarela está sendo construída para ligar o galpão 1 ao galpão 2
    Uma passarela está sendo construída para ligar o galpão 1 ao galpão 2

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente

Usina Jirau oferece proteção com 20 mil máscaras contra o coronavírus gerando renda para a comunidade local

Usina Jirau oferece proteção com 20 mil máscaras contra o coronavírus gerando renda para a comunidade local

Em tempos de enfrentamento contra o Coronavírus, o Projeto Costurando o Futuro é uma iniciativa da Usina Hidrelétrica Jirau que chega como um auxíli

Jaci-Paraná recebe a segunda etapa das obras de pavimentação

Jaci-Paraná recebe a segunda etapa das obras de pavimentação

A Santo Antônio Energia irá iniciar na próxima semana a segunda etapa da pavimentação, drenagem e sinalização de ruas do distrito de Jaci-Paraná. Ne

Curimbas nascem no Laboratório de Reprodução de Peixes da Hidrelétrica Santo Antônio

Curimbas nascem no Laboratório de Reprodução de Peixes da Hidrelétrica Santo Antônio

O Laboratório de Reprodução de Peixes da Hidrelétrica Santo Antônio registrou em janeiro, pelo segundo ano consecutivo, o nascimento de larvas de curi

UHE Jirau entrega seis escolas para a Seduc atender à terra indígena Kaxarari

UHE Jirau entrega seis escolas para a Seduc atender à terra indígena Kaxarari

A Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau entregou para a Secretaria de Educação do Estado de Rondônia (SEDUC) seis escolas na Terra Indígena Kaxarari, que e