Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Eleições 2018

Mais de R$ 38 milhões são destinados à saúde através de emendas de Marcos Rogério


Mais de R$ 38 milhões são destinados à saúde através de emendas de Marcos Rogério - Gente de Opinião

Durante o mandato, o deputado federal Marcos Rogério (DEM) conseguiu destinar mais de R$ 130 milhões aos municípios rondonienses. Os recursos foram distribuídos para atender as demandas das áreas da saúde, infraestrutura, agricultura e educação. Apenas para a área da saúde, o legislador destinou cerca de R$ 38 milhões, que representam quase 40% de todo o recurso destinado.

Para Marcos Rogério, hoje candidato ao Senado, dar prioridade à saúde é fundamental uma vez que o atendimento humanizado na atenção básica e especializada garante qualidade de vida para a população. “Os recursos são utilizados pelos municípios para aquisição de itens descartáveis e de uso diário como luvas, gazes e ataduras, mas também para aquisição de equipamentos, investimentos em melhorias, ampliação das unidades e a construção de novos espaços, como o Centro de Parto Normal, em Ji-Paraná. É direito do cidadão ter acesso ao atendimento e um dever do Estado proporcionar, resguardados pela Constituição Federal”, declarou o candidato. 

Deste percentual repassado aos municípios, Marcos Rogério empenhou, em conjunto com a bancada federal, ainda em 2018, o valor de R$ 2.700 milhões para o Hospital do Amor, construído em Porto Velho, que recebe pacientes de toda a Amazônia ocidental para tratamentos de câncer.

Mais Sobre Eleições 2018

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Nesta quinta-feira, 8 de novembro, acontecerá a votação para eleger a nova diretoria do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Ron

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) atacou a Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 29, em entrevista ao Jornal Nacional; em discurso acalorado, Bo