Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Eleições 2018

LUCIANA OLIVEIRA SE COMPROMETE EM LUTAR POR 30 HORAS DOS ASSISTENTES SOCIAIS


LUCIANA OLIVEIRA SE COMPROMETE EM LUTAR POR 30 HORAS DOS ASSISTENTES SOCIAIS - Gente de Opinião

A Norma foi sancionada pelo ex-presidente Lula após batalha encampada pelo ex-deputado Mauro Nazif (PSB)

Porto Velho, RO – Na última segunda-feira (27) a candidata a deputada estadual Luciana Oliveira, do PSB, que concorre com o número 40.444 ao Legislativo de Rondônia, reuniu-se com diversos profissionais concursados do Serviço Social do estado.

Acompanhada do presidente do partido, o ex-deputado federal Mauro Nazif, Luciana se comprometeu diante do público a lutar como deputada, para fazer valer a lei das 30 horas sancionada pelo ex-presidente Lula (PT) em agosto de 2010.

Nazif, autor do Projeto de Lei que gerou o benefício à categoria, lutou bravamente no Congresso Nacional com apoio maciço da população; grandiosas manifestações ocorreram em Brasília, à época, para que a carga horária dos profissionais fosse reduzida de 40 para 30h.

“A maior exposição à fadiga, causada pelo exercício de determinadas profissões, justifica, portanto, a fixação de jornadas reduzidas de trabalho”, versa a justificativa da norma.

Além disso, os assistentes sociais constituem, sem dúvida, uma categoria cujo trabalho leva rapidamente à fadiga física, mental e emocional.

São profissionais que atuam junto a pessoas que passam pelos mais diversos problemas e que têm seus direitos negados, seja em hospitais, presídios, clínicas, centros de reabilitação ou em outras entidades destinadas ao acolhimento e à (re)inserção na sociedade.

A lei, no entanto, só vale para alguns órgãos federais, municipais e no Judiciário; com isso, Luciana quer fazer valer os seus efeitos no âmbito estadual e comprometeu-se com a batalha.

“Este país vive um período de retrocesso de investimentos em políticas sociais e o impacto vai cair no colo desses profissionais. Precisamos garantir que trabalhem em condições melhores para suportar a demanda. Uma das coisas mais tristes que ouvi de uma assistente social foi que ela atendeu depois de muitos anos uma pessoa que não conseguia falar por tanta fome.”

A redução da jornada não foi o único compromisso assumido e a candidata fez questão de estender aos psicólogos e psicólogas que também clamam por esse direito.

Luciana estabeleceu outros pontos que dependem de força parlamentar e pressão da categoria como: realização de concurso público para a Secretaria de Assistência Social, garantia de adicional de insalubridade, inserção dos profissionais nas escolas e assento no Conselho Social do seu mandato.

“São propostas críveis e totalmente possíveis de realizar. Temos que ter em mente a importância dos assistentes sociais num contexto de ressocialização e encaminhamento. Essas pessoas batalham arduamente para auxiliar outros seres humanos a mudar de vida ou, antes disso, encaminhá-los a um destino diferente àquele estabelecido pelas condições cruéis e desfavoráveis que se encontram. Lutar por eles e abraçar sua causa é guerrear por todos os cidadãos e cidadãs de Rondônia”, concluiu Luciana.

LUCIANA OLIVEIRA SE COMPROMETE EM LUTAR POR 30 HORAS DOS ASSISTENTES SOCIAIS - Gente de Opinião

Mais Sobre Eleições 2018

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Nesta quinta-feira, 8 de novembro, acontecerá a votação para eleger a nova diretoria do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Ron

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) atacou a Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 29, em entrevista ao Jornal Nacional; em discurso acalorado, Bo