Porto Velho (RO) quinta-feira, 14 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Eleições 2018

Kennedy Alencar: articulações de Lula devem levar PT ao 2º turno


Kennedy Alencar: articulações de Lula devem levar PT ao 2º turno  - Gente de Opinião

 247 - O jornalista Kennedy Alencar afirmou na noite desta segunda-feira, 6, que as articulações do ex-presidente Lula devem levar um nome do PT ao segundo turno da eleição presidencial.

"No cenário em que Lula consiga ser candidato, algo improvável hoje diante dos problemas que ele enfrenta na Justiça, o petista teria vaga assegurada. No entanto, mesmo fora da disputa, o ex-presidente tem potencial para colocar o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad na segunda fase", diz ele.

Para o jornalista, na prática, o Plano B do PT foi antecipado em mais de um mês. Ele lembra que a pesquisa Datafolha feita no início de junho, diz que 30% dos eleitores disseram que poderiam votar com certeza num candidato indicado por Lula. E 17% afirmaram que talvez o fizessem.

"Há uma avaliação interna no PT de que seria possível levar Haddad para a casa dos 20% de intenção em duas ou três semanas com o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV martelando que ele seria o candidato de Lula. Nesse contexto, ficou mais complicada a tarefa de Ciro Gomes (PDT) e de Marina Silva (Rede), candidatos que, nas pesquisas anteriores, eram os maiores beneficiados com a ausência de Lula. O mote "Lula é Haddad, Haddad é Lula" tem força para assegurar uma das duas vagas no segundo turno", diz Kennedy.

Leia o texto na íntegra no Blog do Kennedy.

Mais Sobre Eleições 2018

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Nesta quinta-feira, 8 de novembro, acontecerá a votação para eleger a nova diretoria do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Ron

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) atacou a Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 29, em entrevista ao Jornal Nacional; em discurso acalorado, Bo