Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Segóvia absolve Temer sem investigar - Por Alex Solnik


Segóvia absolve Temer sem investigar - Por Alex Solnik - Gente de Opinião

Em suas primeiras declarações o novo chefe da PF Fernando Segóvia disse a que veio.

Veio para dançar conforme a música, e não para tocá-la, como seu homônimo famoso de nome Andrés fazia ao violão.

Falando para uma plateia composta por vários investigados pela PF, inclusive o próprio presidente da República afirmou que a mala de 500 mil de Rocha Loures não é suficiente para condená-lo.

Absolveu Temer sem investigar.

Arrogou-se o papel de juiz.

Jamais se viu tamanha demonstração pública de subserviência de um chefe da Polícia Federal e tanto desrespeito ao Poder Judiciário.

Segóvia desqualificou a investigação comandada por seu antecessor e os agentes da própria PF, o encaminhamento “açodado” da PGR e até a homologação do STF.

Bateu de frente com a cúpula do Judiciário e por pouco não foi aplaudido em cena aberta por Temer.

Por fim, como era de esperar, garantiu que o combate à corrupção vai continuar.

Desde que distante do Palácio do Planalto.

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.