Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Rondônia

Rondônia pode economizar até 30% com compra compartilhada de medicamentos


Rondônia pode economizar até 30% com compra compartilhada de medicamentos - Gente de Opinião

O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, participou do 21º Fórum de Governadores do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central nesta sexta-feira (29), no Porto de Itaqui, em São Luís no Maranhão, onde os chefes do Executivo anunciaram o avanço do projeto Compras Compartilhadas de Medicamentos.

Serão adquiridos, por meio do projeto, 103 tipos de medicamentos no valor de R$ 169 milhões para as unidades da Federação consorciadas, cujos dois primeiros editais foram publicados nesta semana. São medicamentos de alto custo e a compra compartilhada vai gerar economia estimada em 30%. Este primeiro lote de medicamentos deverá ser entregue no início de fevereiro do próximo ano para as respectivas Secretarias de Saúde.

“A finalidade deste encontro é construir diretrizes para trazer desenvolvimento para a nossa região. A publicação do edital de Compras Compartilhadas, representa um avanço importante para a nossa economia com uma significativa redução de custos, aos estados envolvidos, deste mais de cem tipos de medicamentos”, avaliou o governador Marcos Rocha.

Durante o Fórum, os representantes das unidades federativas que integram o Consórcio Brasil Central (BrC) também elegeram o governador do estado do Mato Grosso, Mauro Mendes como novo presidente da autarquia. O presidente tem como função representar e zelar pelos interesses da Autarquia, além de convocar e presidir as reuniões da Assembleia Geral e providenciar o cumprimento das deliberações realizadas durante os encontros.

ECONOMIA

As Compras Compartilhadas pelo Consórcio representam uma ação inovadora e tem como destaque a transparência, uma vez que será auditada pelas unidades de controle das sete unidades da federação. A ação também vai desonerar as secretarias de Saúde, do grande volume de processos decorrentes dos processo licitatórios de compras. O objetivo do BrC é ampliar o projeto de compras Compartilhadas para outras áreas.

PARCERIA COM O BRB

Os governadores do BrC assinaram também um acordo de cooperação com o Banco de Brasília (BRB) para a região do Brasil Central com uma linha de financiamento no valor de R$ 500 milhões. A linha de crédito é voltada para investimentos, construção civil, rural e para empreendedorismo.

POTENCIAL

Juntas as Unidades reunidas no BrC, concentram população de 26,2 milhões de habitantes e ocupam 28,8% do território nacional. No Congresso Nacional conta com uma bancada de 21 senadores e 75 deputados federais. No âmbito das áreas de atuação existem 6 projetos em franco desenvolvimento e que serão entregues ainda este ano.

O Consórcio Brasil Central (BrC) é uma Associação Pública de natureza autárquica formado pelo Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia e Maranhão. Foi o primeiro a ser formado no Brasil em 2015.

A dinâmica de atuação aponta para compartilhar soluções e desenvolver ações conjuntas, reduzindo custos na solução de problemas e elevando a competitividade regional. Atualmente 7 projetos estão em desenvolvimento: compras compartilhadas de medicamentos, turismo integrado, logística/infraestrutura, mercado comum, fomento ao desenvolvimento rural e agronegócio, diversificação da pauta exportadora, aliança municipal pela competitividade.

Também estiveram presentes ao Fórum o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; o governador do Maranhão e anfitrião do evento, Flávio Dino; o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; e o governador do Tocantins, Mauro Carlesse. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, por impossibilidade de agenda não participou da reunião.

Mais Sobre Rondônia

Golpe: Iperon alerta aposentados e pensionistas

Golpe: Iperon alerta aposentados e pensionistas

O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado de Rondônia (Iperon) recebeu denúncias de segurados relatando ligações telefônicas e mens

MPF investiga atuação do governo de Rondônia em suposto recolhimento de livros de escolas estaduais

MPF investiga atuação do governo de Rondônia em suposto recolhimento de livros de escolas estaduais

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento preparatório para investigar a atuação da Secretaria Estadual de Educação de Rondônia (Se

Nota de esclarecimento - OAB/RO

Nota de esclarecimento - OAB/RO

A OAB Rondônia reafirma os termos da Nota Oficial expedida na data de ontem, 06 de fevereiro, no sentido de que a censura literária é incompatível com