Porto Velho (RO) domingo, 9 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Rondônia

Governo realiza serviços de melhoria dos aeroportos de Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena


Estado realiza melhorarias nas instalações dos aeroportos de Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena - Gente de Opinião
Estado realiza melhorarias nas instalações dos aeroportos de Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena

Com a missão de melhorar as condições das instalações dos aeroportos de Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena, o Governo de Rondônia está projetando e executando uma série de ações que vão dar mais agilidade e segurança às aterrissagens e decolagens dos voos, conforme despacho publicado no SEI_ABC – 0012178963 – Despacho, da Coordenadoria de Infraestrutura Aeroportuária do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER).

De acordo com o documento, sobre a situação do Aeroporto José Coleto, de Ji-Paraná, a previsão é de que serviços como regularização da faixa de pista e faixa preparada 3C – IFR, que vão aumentar a largura da pista em mais 65 metros, e instalação de um PAPI na cabeceira 21 (sistema de ajudas visuais à navegação aérea), entre outros, devem ser encaminhados Secretaria de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, para formalização de termo de compromisso, com vistas a liberação de recursos para execução da competente licitação e execução por parte do Estado, ainda no ano de 2020.

Da mesma forma, além de todos os serviços de melhoria da infraestrutura, como retirada árvores que estão na área do aeroporto e pendências litigiosas sobre parte da área do Aeroporto José Coleto, estão previstas e/ou em execução a implantação de RESA – área de segurança final da pista definida como “a superfície que circunda a pista preparada ou adequada para reduzir o risco de danos aos aviões em caso de subida, ultrapassagem ou excursão da pista”, assim como o início do processo de certificação do aeroporto e mudança de operação para IFR de não precisão, e ainda, a contratação da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), para elaboração dos projetos do novo terminal de passageiros (TPS) e novo estacionamento, entre outros serviços, conforme documento divulgado.

Também estão previstos para o aeroporto de Ji-Paraná, para 2021, a realização dos serviços para ampliação e melhoria de sua estrutura operacional, que vão da expansão de pátio, a ampliação da largura (pista + acostamento) da pista de táxi de 22 para 25 metros, e completa sinalização vertical.

AEROPORTO DE CACOAL

Aeroporto “Capital do Café” terá o terminal ampliado - Gente de Opinião
Aeroporto “Capital do Café” terá o terminal ampliado

Para o Aeroporto de Cacoal, além dos serviços de infraestrutura aeroportuária, comuns a todos aeroportos, estão previstos a conclusão da 1ª etapa da ampliação do terminal de passageiros, licitação e início da execução da obra da cerca patrimonial, homologação do PAPI da CAB 16 e 21, homologação da Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA), e a contratação da Infraero para elaboração dos projetos de aquisição de mobiliários e equipamentos do novo terminal de passageiros, ajustes das vias internas da área aeroportuária; e reforma do balizamento luminoso, com inclusão de algumas balizas, entre outros.

Para 2021, o Aeroporto de Cacoal vai receber outras importantes melhorias em sua infraestrutura, como a ampliação do pátio de aeronaves para atender 1 (uma) posição para B737-800, 3 (três) posições para A-319, 2 (duas) posições para ATR 42-300 e 10 (dez) posições para aviação geral, além da regularização da faixa de pista, preparada para operação IFR NP/3C e revitalização do pavimento da pista de pouso e decolagem e taxiway.

AEROPORTO DE VILHENA

Assim como os demais, o de Vilhena também está recebendo vários serviços de melhoria, comuns a todos, e de modo especial, a instalação do novo do balizamento noturno, de um novo PAPI nas cabeceiras 03 e 21, instalação da biruta e do farol rotativo, visto que o atual já está ultrapassado e apresenta dificuldades para manutenção, serviços cujos projetos serão contratados pela Infraero.

Ações realizada pelo governo devem dar mais agilidade e segurança às aterrissagens e decolagens dos voos - Gente de Opinião
Ações realizada pelo governo devem dar mais agilidade e segurança às aterrissagens e decolagens dos voos

Da mesma forma está sendo elaborado o projeto da cerca operacional para apresentação e aprovação por parte da Secretaria de Aviação Civil e posterior início da licitação por parte do DER, do processo de certificação do aeroporto e mudança de operação para IFR de não precisão, além do início dos estudos para implantação dos Planos de Identificação do Perigo da Fauna (IPF) e Programa de Gerenciamento do Risco da Fauna (PGRF), documentos esses necessários e exigidos para implantação da certificação dos três aeroportos rondonienses.

O Aeroporto de Vilhena também receberá as obras de expansão de pátio para atender 1 (uma) posição para B737-800 3 (três) posições para A-319, 2 (duas) posições para ATR 42-300 e 10 (dez) posições para aviação geral, a construção do terminal de passageiros modelo M2, implantação do acesso viário, a construção do estacionamento de veículos e a pintura da sinalização horizontal da pista de pouso e decolagem.

Mais Sobre Rondônia

Morre um dos grandes pioneiros do comércio de Rondônia

Morre um dos grandes pioneiros do comércio de Rondônia

Apesar de afastado, faz algum tempo, por decisão própria, para formação de seus sucessores, da direção de seu principal negócio, a Toca do Coelho, o

SENAI abre edital de credenciamento para empresas rondonienses

SENAI abre edital de credenciamento para empresas rondonienses

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) colocou à disposição o credenciamento de pessoas jurídicas que possuam capacidade técnica compro