Porto Velho (RO) sábado, 19 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Rondônia

ACR alerta sobre a necessidade de união em torno da duplicação da BR-364

Para o presidente da Associação Comercial de Rondônia-ACR, Vanderlei Oriani, não se pode somente comemorar a ponte do Abunã, mas, sim lutar pela integração regional


ACR alerta sobre a necessidade de união em torno da duplicação da BR-364 - Gente de Opinião

O presidente da Associação Comercial de Rondônia-ACR, Vanderlei Oriani, ressaltou que, agora, que a Ponte do Abunã foi concluída é indispensável que as forças políticas e empresariais se unam para cobrar a restauração e a duplicação imediatas da BR-364. Trata-se de uma estrada essencial por escoar boa parte da produção agrícola brasileira. Nela passam mais de 2.000 carretas por dia, que transportam para os estados e portos da Região Norte uma safra superior a 4(quatro) milhões de toneladas de grãos de Mato Grosso e de Rondônia, fora o fato de que, como quinto maior exportador de carne do país, também ajudam a explicar sua importância como único elo de ligação rodoviária entre o sudeste e a Amazônia. Com um trafego pesado, mesmo tendo sido recuperada e alargada em alguns trechos, a situação da rodovia é caótica, com riscos iminentes, sobretudo durante à noite ou quando  chove, o que tem sido uma constante no presente ano. É preciso ver que a falta de acostamentos e a existência de buracos, muitas vezes crateras,  causam acidentes, mortes e prejuízos aos produtores rurais, caminhoneiros e à população de Rondônia.

Segundo Oriani, com a conclusão da ponte do Abunã, é preciso completar os grandes investimentos estruturantes e portadores do progresso para o Estado. “A duplicação da BR-364 é o próximo passo, mas, ainda faltarão dois, que são o termino da recuperação da BR-319-Manaus/Porto Velho e, o que exigirá mais tempo, a Ferrovia da Soja, ligando por ferrovia a área produtora de soja do Mato Grosso à Porto Velho”. O dirigente empresarial explicou que a duplicação da BR-319 será um marco para deslanchar o desenvolvimento estadual. Segundo ele, as relações com os países vizinhos deve avançar rapidamente nos próximos anos e ter a ligação entre o Pacífico e o Atlântico, que passa, inevitavelmente por Rondônia, Acre e Amazonas deve fazer com que as lideranças regionais se unam em torno do projeto de melhorar o escoamento de forma bilateral, inclusive diminuindo o tempo de fornecimento de insumos para o Polo Industrial de Manaus. Para Vanderlei Oriani “Não podemos ficar apenas celebrando uma vitória parcial. A grande batalha será, com a união das bancadas federais dos nossos estados, partirmos para que a União coloque os recursos necessários para concluir a integração regional dos transportes na Amazônia Ocidental. Talvez isto possa até ser feito por concessões, mas, tem que ser feito”,concluiu.

Mais Sobre Rondônia

Recadastramento de aposentados e pensionistas do Iperon retorna em 1º de julho

Recadastramento de aposentados e pensionistas do Iperon retorna em 1º de julho

O recadastramento anual dos servidores aposentados e pensionistas junto ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado de Rondônia (Ipe

Primeira obra do “Tchau Poeira” é executada em Ariquemes com recursos do Governo de Rondônia

Primeira obra do “Tchau Poeira” é executada em Ariquemes com recursos do Governo de Rondônia

Uma das principais vias comerciais e de fluxo de veículos de Ariquemes, a Avenida Juscelino Kubitschek, recebeu neste domingo (13) a ordem de serv