Porto Velho (RO) sexta-feira, 27 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Reforma administração ou remendo?


Reforma administração ou remendo?  - Gente de Opinião

A reforma administrativa, encaminhada ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo, começou a suscitar debates acalorados. Até uma Frente Parlamentar Mista foi criada para discutir o assunto. Novidade? Nenhuma! Sempre foi assim. E sempre será. Todas as vezes que os cofres públicos, nos três níveis de poder, ameaçam esgotar-se, aparecem velhas e conhecidas fórmulas milagrosas. No final, todo mundo já sabe de que lado à corda vai arrebentar. Nesse caso, as vítimas, mais uma vez, serão as categorias menos aquinhoadas, que não têm poder de lobby, apesar de a senadora Kátia Abreu garantir que os direitos adquiridos serão preservados.  


No governo do tucano Fernando Henrique Cardoso falou-se a mesma coisa. Lula e Dilma repetiram o mesmo discurso. Na prática, porém, o que se viu foi o desmantelamento do serviço público, com a manutenção de privilégios para algumas categorias, em detrimento do pessoal da raia miúda. No fundo, o que existe mesmo é uma tremenda esquizofrenia contra alguns segmentos do funcionalismo, geralmente engendrada por políticos e tecnocratas do governo, que os veem como os verdadeiros responsáveis pelos cancros que corroem as estranhas da máquina oficial, investindo de forma desumana e cruel contra essa importante parcela da sociedade.  


É comum, no período eleitoral, aparecer candidatos empunhando a bandeira dos servidores públicos. Uma vez eleitos, passam a cuidar de seus mesquinhos interesses, relegando os direitos da categoria a um plano secundário. Pelo histórico dos governos anteriormente citados e do Congresso Nacional, tudo indica que essa malsinada reforma administrativa será mais um embuste para solapar direitos e garantias do funcionalismo, conquistados a duras penas.  

Mais Sobre Opinião

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o

O recado das urnas

O recado das urnas

A renovação substancial da Câmara Municipal de Porto Velho, além da decepção causada a muitos dos que atualmente exercem mandato de vereador, há de