Domingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Opinião

Prometer e não cumprir é o esporte preferido de muitos políticos


Valdemir Caldas - Gente de Opinião
Valdemir Caldas

Por mais que nos esforcemos para acreditar no que dizem alguns políticos, não adianta, com o tempo, eles próprios se encarregam de nos lembrar que fazer isso é, em parte, um gesto de boa vontade. Embora a política seja uma atividade de alta relevância social, com juras de comprometimento público durante as campanhas eleitorais, muitos representantes do povo não conseguem honrar, por negligência ou má-fé, aquilo que disseram ou prometeram. Não sem motivo já entrou para o anedotário popular que prometer, por prometer, é o esporte predileto de alguns.

Antes mesmo de começar a campanha eleitoral, vê-se, com frequência, pré-candidatos criticando o político que está no comando do país, estado ou município, ou, ainda, no Senado, na Câmara Federal ou Municipal, não importa o posto, o que vale mesmo é descer a ripa no eventual concorrente. Criticam os problemas sociais, como violência, desemprego, falta de moradia, água tratada, esgotamento sanitário, entre outros males crônicos que afligem a população, apontando, consequentemente, soluções indolores para cada um deles, porém, uma vez eleito, o cidadão entra em torpor e, como que num passe de mágica, simplesmente se esquece das promessas feitas ao povo. Pior é quando o falastrão, que jurou promover o bem geral do povo e manter a integridade, resolve percorrer os caminhos da ilicitude, desviando e escondendo dinheiro em cueca, caixas de papelão, sacos de lixo, panelas e guarda-roupas, por exemplo, entre outros esconderijos preferidos. Apesar das denúncias, algumas com base em filmagens e fotografias, muitos continuam livres, leves e soltos, circulando de um lado para o outro, tranquilamente, zombando da população, na maior cara de pau, sem nenhum constrangimento, e ainda pensam em voltar ao poder.

Em outubro próximo, haverá eleições para prefeitos e vereadores. Se a população não tomar uma postura responsável nesse aspecto, evitando eleger e reeleger mentirosos, que fazem da política um repasto à satisfação de seus interesses pessoais, familiares ou de grupos, não tenho dúvida de que vamos continuar retrocedendo. 

Gente de OpiniãoDomingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Informação pública provadamente tendenciosa

Informação pública provadamente tendenciosa

Um estudo recente da Universidade de Mainz chega à conclusão que os formatos de informação de serviço público (financiados pelo povo) “se posici

Marcelo Cruz vai nadar e morrer na praia

Marcelo Cruz vai nadar e morrer na praia

Perdoem-me os amigos, correligionários e simpatizantes do pré-candidato à prefeitura de Porto Velho, deputado estadual Marcelo Cruz, mas não consigo

Percurso pedestre circular mais longo do mundo em Portugal

Percurso pedestre circular mais longo do mundo em Portugal

Património natural e cultural nos Trilhos do Turismo numa Extensão de 3.000 KmPortugueses e turistas estrangeiros têm a oportunidade de fazerem um p

Gente de Opinião Domingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)