Porto Velho (RO) quinta-feira, 22 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

PRIMEIRA PRÉVIA DO CARNAVAL É NO BURACO DO CANDIRU


PRIMEIRA PRÉVIA DO CARNAVAL É NO BURACO DO CANDIRU  - Gente de Opinião

A Prévia do Carnaval 2017 de Porto Velho, este ano, começa antes do período oficial. A principal razão para isto foi a criação da Confraria do Buraco do Candiru, uma reunião de amigos que resultou num bar onde viceja a boa música popular brasileira, com grandes nomes da música local como Lito Casara, Catê, Nicodemos e Rose, o Grupo Intervalo, composto por Dimarcy, Cabo Sena e Dimas, bem como outros companheiros ocasionais da fuzarca como o Samuel Castiel ou, vindo de Guajará-Mirim, o grande gourmet do peixe, Macaxeira, que é bom de pandeiro também. Outros nomes de músicos renomados também se reúnem no Buraco do Candiru para encher de melodias o ambiente. Agora, porém, em dezembro, a vez será do carnaval.

Um carnaval ecológico: limpo e sem muito barulho

Está programado para o dia 03 de dezembro, um sábado, a abertura do Carnaval de Porto Velho, com a primeira, e melhor,  prévia do carnaval de 2017. Com patrocínio da Itaipava, às 17:00 horas, uma bandinha, composta de dez músicos e sem aparelhos, irá tocar as marchinhas mais festejadas de todos os carnavais. O local será mesmo o Buraco do Candiru, na Rua Guiana 2863, no Bairro da Embratel. É um carnaval de elite, se é que isto existe, pois, está sendo organizado com todo cuidado para evitar impactos ambientais, inclusive sujeira, e música alta. A estrutura incluiu, além, de melhoria do local a contratação de segurança, tendas e 04 sanitários químicos. As camisas da 1ª Prévia do Carnaval de Porto Velho já se encontram à venda no próprio Buraco do Candiru, no Bar do Zizi, no Mercado Cultural e na Banca do Barão, Av. Carlos Gomes, esquina com José Bonifácio. Maiores informações podem ser obtidas pelo Celular (69) 99292-4191. Porém, que ninguém duvide: vai ser o gatilho do carnaval de 2017 com muito estilo e até uma Rainha do Buraco do Candiru. A camisa está sendo vendida por R$ 50,00 para cobrir os custos, de vez que a Confraria do Candiru é uma entidade sem fins lucrativos com objetivos etílicos culturais e sociais. Aliás, sem bêbados anônimos: são todos conhecidos.

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.