Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Opinião

Política e religião: mistura explosiva


Política e religião: mistura explosiva - Gente de Opinião

Quando um cristão cede à tentação do diabo e cai em desgraça o mundo se alegra, porque a missão do diabo é exatamente tentar destruir a obra de Deus, que é um pai misericordioso, sempre de abraços abertos para acolher o pecador arrependimento, não o pecado, pois, como ensina o Salmo 51:17, o Senhor não despreza um espírito contrito e um coração quebrantado. Recentemente, a televisão e as redes sociais mostraram a prisão de dois pastores envolvidos em escândalo do Ministério da Educação, suspeitos de participarem de um esquema de propina no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). 

Já disse, e repito quantas vezes forem necessárias, que a função precípua de um pastor é cuidar do rebanho, garantindo que ele não se torne presa fácil de lobos famintos. Ele não tem que se envolver com as atribuições de governo. Essa é tarefa para administradores e políticos. Quando isso acontece, o desastre é certo. Misturar política com religião nunca foi e jamais será um bom negócio. Muitos são os exemplos dessa mistura explosiva. Até porque ninguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará a um e amará o outro, ou, então, dedicar-se-á a um e desprezará o outro. É impossível servir a Deus e às coisas do mundo. 

A política, como aprendemos desde cedo, tem um propósito nobre, conquanto nem todos compreendam a sua importância para a vida das pessoas na busca de alternativas para os mais variados problemas que afligem à população. Ela é também um importante instrumento para fortalecer a democracia é uma ferramenta indispensável para o exercício da cidadania, mas não é tarefa para amadores. Deixemos isso para os mais experimentados, e cuidemos cada um de suas obrigações. 


* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Opinião

A eleição e o saneamento básico

A eleição e o saneamento básico

Em tempos de eleições, temas como saúde, educação e segurança pública, tornam-se o combustível principal que alimenta os discursos de candidatos aos

Mais suicídios nas forças armadas alemãs do que mortos em serviço + Ocidente em retirada da República do Mali como aconteceu no Afeganistão? + Pastagens só para olhares masculinos?

Mais suicídios nas forças armadas alemãs do que mortos em serviço + Ocidente em retirada da República do Mali como aconteceu no Afeganistão? + Pastagens só para olhares masculinos?

Dos tabus ou Assuntos proibidosDesde 1955 até 2022 morreram mais soldados por suicídio do que no cumprimento do seu dever militar! Neste espaço de tem

O homem com fôlego de sete gatos

O homem com fôlego de sete gatos

Adversários do ex-governador e ex-senador Ivo Cassol até que torceram para vê-lo pelas costas, mas, por incrível que pareça, ele segue firme na corr

De novo esse papo furado de transposição!

De novo esse papo furado de transposição!

Entra eleição, sai eleição, e a conversa mole é sempre a mesma: se eu for eleito, prometo resolver de uma vez por todas essa questão da transposição