Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

NUNCA NESTE PAÍS...


Uma ordem de um presidente foi tão vazia e inócua quanto a recente de Lula para acabar com o apagão aéreo. Um serviço péssimo que só apareceu ao custo da vida de 154 pessoas, sem punição, sem responsáveis, sem culpados.

Caberia destacar que muito pior do que o transporte aéreo são os amontoados coletivos do dia-a-dia nas capitais. As pessoas são arrastadas penduradas do lado de fora dos ônibus, são assediadas sexualmente a cada viagem, com e sem consentimento, filas quilométricas, invasão dos mais atrevidos. Além dos constantes assaltos, que não se têm conhecimento nos vôos. Este tratamento desumano existe há mais de três décadas e nunca causou repercussão revoltada na mídia, nunca teve cobertura televisiva nos pontos iniciais. Além dos constantes assaltos, que não se têm conhecimento nos vôos.

Outra questão foi que sempre se alardeou a qualidade idêntica de nossa aviação ao nível internacional. Quanta ilusão! Investe apenas na estrutura física dos aeroportos apenas para empurrar dinheiro no bolso da corja dirigente, como prova o empenho do governo em abafar a CPI. Nunca se investiu no aparelhamento, nunca se investiu no treinamento dos operadores, no incentivo aos funcionários. Ao contrário, a administração se limita em perseguir funcionários com transferências forçadas, ameaça de prisão. O governo não repassava nem as verbas previstas no Orçamento. Depois de estabelecido o caos, a única medida seria uma série de reuniões e palavrórios vazios do presidente da República.

A demonstração da iniqüidade das ações foi a constatação e ultimato do presidente de que chegaria um dia, um dia, em que se anunciaria o ano, o mês, o dia e a hora de avisar a todos o dia que esta situação se normalizaria. Você entendeu? Caso tenha compreendido, você não é deste Planeta, é um extraterrestre.

O mais grave é a certeza de que ninguém será punido por que virou cultura nacional os incidentes, os acidentes e as tragédias não terem responsáveis.  Existe uma mistura de órgãos deliberadamente para confundir.  Parte dos controladores é militar,  outra civil. A Infraero não pé responsável porque só cuida dos aeroportos. O governo também não tem nada a ver por que somente faz-de-conta que fiscaliza. Nenhum sabe ao certo o que deve e até onde vão as suas atribuições.

Este episódio trouxe apenas a certeza de que as ordens de Lula repercutem junto aos seus subalternos iguais ao grito de um mudo pedindo ao assaltante que não lhe mate.   
 
Fonte: Pedro Cardoso da Costa – Bel. Direito
 

Mais Sobre Opinião

Campanha eleitoral não empolga eleitor

Campanha eleitoral não empolga eleitor

Em novembro próximo, o eleitor de Porto Velho terá um encontro marcado com as urnas. Vamos escolher prefeito e vinte e um vereadores. A campanha, poré

Tributo ao ativista e abolicionista contemporâneo, Dr. Wllian Johnes - Presidente da Ordem dos Bacharéis do Brasil- OBB

Tributo ao ativista e abolicionista contemporâneo, Dr. Wllian Johnes - Presidente da Ordem dos Bacharéis do Brasil- OBB

Mas uma vítima do trabalho análogo à de escravos a escravidão moderna da OAB, acaba de tombar. Com tristeza tomei conhecimento que no último dia 16.10

Dinheiro na ordem do dia

Dinheiro na ordem do dia

Pegou em dinheiro? Lave bem as mãos, cantando “parabéns a você”

Reforma administração ou remendo?

Reforma administração ou remendo?

A reforma administrativa, encaminhada ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo, começou a suscitar debates acalorados. Até uma Frente Parlamentar Mi