Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Missão do Avô


 
João Baptista Herkenhoff

Neste mundo em que se exalta a juventude como um estado eterno, o vigor e a beleza como referências existenciais, a pouca idade como síntese de todos os valores, nesta época, neste mundo de hoje, algum papel existe para ser desempenhado pelo Avô?

Num tempo que se alicerça no materialismo e no pragmatismo, terá sentido cultuar essa figura que, antigamente, era mítica?

Dentro de uma economia de mercado, que tem no pragmatismo a sua diretriz, é cabível consumir recursos públicos com um grupo etário que pouco produz?

Numa quadra da História em que se fala, de peito aberto e sem qualquer pudor, em reduzir direitos dos aposentados, numa quadra como esta, Avô não é reminiscência de uma tábua moral ultrapassada?

Se não nos debruçamos com seriedade diante das indagações acima, responderemos NÃO às três primeiras perguntas e SIM somente à última.

Suponho que as três respostas afirmativas e a única negativa serão dadas, quase que mecanicamente, por inúmeras pessoas, mesmo pessoas bem intencionadas e de caráter. Se essas pessoas não estiverem com o espírito preparado para refletir, a ideologia dominante terá inoculado no subsconsciente as respostas equivocadas que apontamos. Isto porque essa ideologia despreza a Ética, quer resultados, e não reflexão filosófica.

Mas devemos remar contra a maré e fazer Filosofia.

Os Avós têm um duplo papel: na Família e na Sociedade.

Na Família os Avós são conselheiros dos pais e dos netos. Podem transmitir ao vivo a experiência que nenhum livro, ou programa radiofônico, ou televisivo, é capaz de traduzir. Os Avós são apoio em inúmeras situações e emergências. Integram a Família. Feliz da Família na qual comparecem os Avós.

Na Sociedade, os Avós transmitem ao presente a herança do passado. São depositários da Sabedoria acumulada através de milênios.

A Bíblia que, além de livro religioso, é um livro destinado a apontar horizontes que merecem ser seguidos, por crentes e não crentes, realça e exalta a missão dos avós. Lóide converteu-se ao Cristianismo durante a primeira viagem missionária de Paulo. Graças ao ensino e ao exemplo de Lóide tivemos, no seu neto Timóteo, um dos maiores apóstolos dos primeiros tempos.

Até os pequenos gestos revelam a atitude respeitosa ou desrespeitosa para com os idosos. Ceder o lugar ou a passagem ao idoso, mostrar-se disponível para ajudar nas mais comezinhas situações, tudo isto demonstra o nível de educação de uma comunidade no relacionamento com os avós.

Ao escrever este texto penso nos jovens que são os sucessores das gerações que partem. Precisam esses jovens de orientação, para escolher caminhos que contrastam com o modelo social dominante, que dá mais relevância ao ter do que ao ser.

Sempre vale a pena tentar acertar nas escolhas que o cotidiano nos impõe. Erros podemos praticar porque, como diz a sabedoria popular, errar é humano. Mas se erramos, com retidão de propósito, o erro será apenas fruto de nossa falibilidade e das contingências que marcam nosso destino.

 

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual