Porto Velho (RO) domingo, 20 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Opinião

Lula: 'tenho convicção de que tem dedo estrangeiro na Lava Jato'


Gente de Opinião

SP 247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou na manhã desta terça-feira, 24, da reunião da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em São Bernardo do Campo. 

Em um discurso firme, Lula criticou com veemência os impactos da operação Lava Jato na economia brasileira e disse não ter dúvidas sobre os interesses econômicos por trás da operação. "Nós não estamos levando a sério o que a chamada Operação Lava Jato está fazendo com a economia brasileira. Chega a 2,5% do PIB o impacto da Lava Jato na economia brasileira. Hoje, tenho convicção de quem tem dedo estrangeiro nesse negócio da Lava Jato. Tem interesse no Pré-Sal. Eles agora estão desmontando tudo o que fizemos e os trabalhadores da Coreia vão ganhar dinheiro produzindo para o Brasil", disse Lula. 

O ex-presidente criticou também a subordinação econômica do país ao mercado financeiro. "O governo tem que ser o motor de arranque do Brasil. Se não for o Estado, não tem ninguém. Qual é o empresário que vai fazer investimento se não tiver consumo?", questionou. 

O ex-presidente, que lidera a corrida eleitoral de 2018 em todos os cenários, disse que a retomada da economia do País precisar ser "obsessão", mas destacou que só com a reconquista da democracia é que o Brasil pode avançar economicamente. "Ou a gente recupera a democracia nesse país, ou a economia não vai voltar a crescer", afirmou. 

Demonstrando boa forma física, Lula conclamou os metalúrgicos presente no encontro a lutarem pela volta da democracia no País. "A hora é de lutar. Hoje, eu corri 10 quilômetros. Se preparem!".

Mais Sobre Opinião

Uma CPI para investigar a CPI

Uma CPI para investigar a CPI

Houve uma época em que CPI era sinônimo da busca da verdade, da correção de rumos. De uns tempos para cá, porém, algumas CPI’s viraram instrumentos

Sentença de morte

Sentença de morte

A princípio não acreditei, mas logo a ficha caiu. E aí, o susto. Meu Deus! Quantas pessoas ainda vão precisar morrer para que alguns de nossos dirig

A luta intercultural numa terra ainda patriarcal + Das andanças da justiça na Quinta Lusitana

A luta intercultural numa terra ainda patriarcal + Das andanças da justiça na Quinta Lusitana

A LUTA INTERCULTURAL NUMA TERRA AINDA PATRIARCALIsraelitas e Ismaelitas lutam por Canaã a terra prometida a AbraãoPor António JustoA guerra faz-se em

Va', pensiero, sull'ali dorate

Va', pensiero, sull'ali dorate

Semana passada, numa espécie de patuscada entre o presidente da Argentina e o premier da Espanha, Pedro Sánchez, foi dita uma frase, deturpada do es