Porto Velho (RO) sábado, 6 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Jovens espíritas se reúnem durante as festividades do carnaval



Até o dia 12 de fevereiro, durante as festividades do carnaval, o movimento espírita jovem, promovido pela Federação Espírita de Rondônia (Fero) reunirá mais de 300 jovens na cidade de Ouro Preto do Oeste para o Emero (Encontro da Mocidade Espírita de Rondônia).

O Emero receberá adolescentes e jovens na faixa etária dos 12 aos 23 anos, dos grupos de Mocidades dos Centros Espíritas das cidades do Estado, já sendo confirmadas as participações das cidades de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Jaru, Ouro Preto, Espigão do Oeste, Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Vilhena e Cerejeiras.

Neste ano, haverá a participação de jovens de Rio Branco (AC) e Boa Vista (RR) e dois palestrantes da Federação Espírita Brasileira (FEB), além de 15 palestrantes do Estado.

O Encontro, que esse ano está em sua XXV edição, será realizado na Faculdade UNEOURO na cidade de Ouro Preto do Oeste nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro, com uma média de 315 jovens e 85 colaboradores para a organização do encontro.

O Emero possibilita o encontro de jovens oferecendo a oportunidade de estudar a Doutrina Espírita, em clima fraterno, ao mesmo tempo ofertando a oportunidade de ter uma opção sadia e segura frente às possibilidades que o período momesco traz.

Além de proporcionar momentos de estudo para os jovens, possibilita a integração entre as diversas mocidades dos centros espíritas de Rondônia, quando novas amizades são formadas e são perpetuadas através de meio eletrônico e redes sociais.

No evento, os jovens são constantemente estimulados a vivência evangélica, seja durante os estudos, seja durante as atividades lúdicas. Esses momentos são cuidadosamente planejados e elaborados por integrantes do movimento espírita do Estado visando a construção e fortalecimento de valores morais e éticos, essenciais para a formação de cidadãos melhores.

Com isso, se espera contribuir de forma significativa com a formação moral dos educandos, estimulando conduta cristã em seu cotidiano, promovendo atividades que funcionem como eixo estruturador de suas ações, que devem ser fundamentadas em valores que possam contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e igualitária.

O encontro busca promover a integração dos trabalhadores espíritas através de reflexões sobre uma temática específica e tem duração de quatro dias, com 4 (quatro) horas de estudo em cada dia.

Neste ano, o encontro será realizado na Fatec (Faculdade de Ciências Administrativas e de Tecnologia), situada na Av. Jorge Teixeira, 3500, com o tema “A imortalidade da Alma, segundo André Luiz”.

Um dos palestrante será Jorge Elarrat e os temas serão “as regiões de sofrimento do mundo espiritual (11); As colônias do mundo espiritual (12) e “os trabalhadores do mundo espiritual” (13).

Fonte: Geovani Berno

Mais Sobre Opinião

Liberação de vídeo da reunião somente fortalece Bolsonaro

Liberação de vídeo da reunião somente fortalece Bolsonaro

Os adversários e a imprensa vão utilizar trechos e distorcer tudo, mas, reunião somente revela que presidente somente se importa em melhorar o paísO

Brasil. Os 132 anos da abolição da escravidão  X  26 anos de trabalho análogo a de escravos, a escravidão moderna da OAB

Brasil. Os 132 anos da abolição da escravidão X 26 anos de trabalho análogo a de escravos, a escravidão moderna da OAB

No próximo dia 13 de maio, o Brasil estará completando os 132 anos da abolição da escravidão. Foi um marco para nossa história, graças às reações

Servidor do TJ-RO lança campanha para Reconstruir a luta sindical no Estado de Rondônia

Servidor do TJ-RO lança campanha para Reconstruir a luta sindical no Estado de Rondônia

O que você acha importante para melhorar a sua qualidade de vida?Deixe sua sugestão e opinião.E-mail: [email protected]: 69 99322

A 17 ª edição do Prêmio Innovare - Tema: LIBERDADE. Jurista propõe o fim do trabalho análogo a de escravos, a escravidão moderna da OAB

A 17 ª edição do Prêmio Innovare - Tema: LIBERDADE. Jurista propõe o fim do trabalho análogo a de escravos, a escravidão moderna da OAB

“Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos.” (Abraham Lincoln). “DE TODOS OS ASPECTOS DA MISÉRIA SOCIAL NADA É TÃO DOLOROSO