Porto Velho (RO) domingo, 29 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

José Mariano Beltrame participa do "Roda Viva" nesta 2ª


O secretário de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, será sabatinado no “Roda Viva”, nesta segunda-feira (28/11), ao vivo, a partir das 22h, na TV Cultura.

Durante a entrevista, conduzida pelo apresentador Mario Sergio Conti, Beltrame deve falar sobre a repressão ao tráfico no Rio de Janeiro, ocupação da favela da Rocinha, corrupção na polícia, instalação das UPPs (Unidade de Polícia Pacificadora), segurança durante a Copa do Mundo, entre outros assuntos.

A bancada de entrevistadores será formada por Ruth de Aquino (colunista da revista Época), Percival de Souza (jornalista, escritor e comentarista da TV Record), Sonia Racy (colunista do jornal O Estado de S. Paulo), Paula Cesarino Costa (diretora da sucursal do Rio de Janeiro do jornal Folha de S. Paulo) e Octavio Guedes (diretor de redação do jornal Extra e comentarista da Rádio CBN Rio). O programa também conta com a participação do cartunista Paulo Caruso.

Fonte: FabioTV

 

Mais Sobre Opinião

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o